28/09/2014 - Produtores do Sul de Mato Grosso comemoram bons preços da melancia

Produtores Sul de Mato Grosso têm conseguido bons preços para a comercialização da melancia. É o que comprova o gerente Sinval de Almeida, que há 16 anos cuida da fazenda em São Lourrenço de Fátima. Com um gasto de R$ 5 mil por hectare, o faturamento nesta safra deve chegar a 30 mil reais por hectare. Como os custos com agrotóxicos e a mão de obra não aumentaram significamente, a produtividade está em torno de 30 mil toneladas por hectare. A melancia é vendida por quilo. 

“O preço da melancia no mercado fica em torno de R$ 0,50, e hoje está sendo vendido de R$ 0,70 a R$ 0,80 porque tem pouca produção em Tocantins, São Paulo e Mato Grosso, é por isso que ela está com esse preço”, relata Sinval.

Outro fator que tem proporcionado uma maior produção tem sido o sistema de irrigação por gotejamento. Com isso, Silval tem enfrentado a estiagem e produzido em três safras. O sistema ainda ajuda no controle de pragas que danificam a cultura. Segundo ele, a melancia irrigada é mais segura, pois se obtém o controle de doenças, de pragas e da umidade, produzir.

Em uma outra propriedade, em Rondonópolis, o produtor Guilherme Amelio Moraes aposta na fruta há 34 anos. Neste ano o plantio foi feito em três etapas diferentes, de 10 a 15 dias entre cada uma delas. Essa medida facilita a colheita e a entrega por um período maior.

“A produção está razoável, em torno de 40 toneladas por hectare, um custo de R$ 0,20 o quilo, e o preço de venda gira em torno de R$ 0,60 a R$ 0,80 o quilo”, comemora Guilherme.

A incidência de pragas porém, foi maior, entre elas os tripés, pequenas vespas difíceis de serem vistas a olho nu, mas os danos aparecem nas folhas, que murcham e perdem a coloração, impedindo o fruto de se desenvolver. Guilherme explica que o custo eleva um pouco, porque se utiliza venenos mais caros, mas mesmo assim o produtor consegue uma margem de lucro razoável.

Toda a produção da fazenda vai para supermercados da região, além de distribuidoras.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e estatísticas, Mato Grosso tem 1,1mil hectares plantados, área semelhante a de Goiás. O Nordeste responde por 31% da produção nacional, é a maior região produtora de melancia no Brasil.

 

 

Escrito por G1 MT

Comentários

Data: 28/09/2014

De: J

Assunto: R

A J. R. DISSE QUE PREFERE MANDIOCA...

Novo comentário