28/09/2016 - Governador lança obra em Barra do Garças

28/09/2016 - Governador lança obra em Barra do Garças

O governador Pedro Taques lançou nesta segunda-feira (26.09) a segunda fase da obra de construção do Contorno Viário de Barra do Garças (a 514 km de Cuiabá), tirando do papel uma obra esperada há mais de 20 anos pela população que vive no Araguaia, em especial na divisa entre Mato Grosso e o estado vizinho de Goiás.

Serão investidos mais de R$ 75 milhões nesta obra que irá desafogar o trânsito de caminhões por dentro da cidade. O montante é resultado da parceria entre os Governos de Mato Grosso e Federal, por meio de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), respectivamente.


"Lançamos uma obra que era esperada pelos moradores. Neste ano vamos entregar os primeiros quilômetros de pavimentação", disse o governador. "Em um ano e oito meses de administração, concluímos mais de mil km de asfalto novo, entre obras de construção e reconstrução, acima dos 886 da gestão passada", ressaltou.

O secretário Marcelo Duarte assegurou que não faltará empenho de Sinfra para que a obra avance dentro do cronograma, garantindo mais qualidade de vida do cidadão. "Está não é apenas uma simples obra. Ela tem impacto na vida de cidadãos de dois Estados, em mais de 80 mil pessoas de vivem nesta região", afirmou.

Em visita a Barra do Garças, o governador também vistoriou as obras do Aeroporto Municipal, onde foram investidos R$ 1,5 milhão na construção da cerca operacional e maquinário de raio x.

"Queremos ainda neste ano fazer o primeiro voo comercial de Barra do Garças a Cuiabá, integrando mais o Araguaia a capital do Estado", disse o secretário adjunto de Turismo, Luiz Carlos Nigro.


Agenda

Taques viu de perto ainda a obra do novo Centro de Eventos do município, que é realizada com mais de R$ 6,5 milhões em recursos do Programa de Desenvolvimento ao Turismo (Prodestur) por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). E para fechar o dia o governador e sua equipe fizeram uma visita de cortesia para conhecer as instalações do Batalhão da Polícia Militar instalado no município.

 

 

 

 

 

Ericksen Vital | Sinfra-MT

Comentários

Data: 28/09/2016

De: Luis Gonzaga Domingues

Assunto: luisodomingues@hotmail.com

O povo brasileiro é considerado o mais analfabeto político (90%) e funcional (80%) da Terra e nossa região segue o mesmo modelo do país, pois o lugar onde tem mais analfabeto funcional e político. A população pobre vota através de favores que os candidatos a político realizam como: ajuda de transporte, alimentação, remédios, etc. Portanto, acabam votando nos ricos e em alguns casos votam em pessoas de origem humilde/pobres que são na sua maioria analfabetos políticos e funcionais. Eles não sabem nenhuma teoria e muito menos conceitos relativos à política, estatuto, filosofia do partido, proposta de sociedade em termos econômicos, sociais, políticos, religião e nunca leram os principais pensadores ou autores sobre o assunto. É dessa maneira que a sociedade brasileira prática e desenvolve sua cidadania (política), ou seja, da forma mais errada e utilizando-se de conhecimento do senso comum. E tal do governo golpista do Temer(PMDB) e o DEM, PP, PR, PSD, PSC, PSB e PSDB querem aprovar o projeto que como denominação “Escola sem partido”. Isso quer dizer que somente os ricos podem discutir política., ou seja, realizar debates ou discussões sobre educação, saúde, economia, lazer, futebol, religião, transporte e outros temas não fossem ato político. Kkk... Que vergonha! Cadê os professores! Fala-se tanto em interdisciplinaridade, multidisciplinaridade, visão holística do mundo e também do uso da dialética com objetivo de entender as contradições da sociedade brasileira e mundial em todos os aspectos.
Obs.: A porcentagem divulgada e citada acima é resultado de pesquisa realizada pelo IBGE.

Novo comentário