28/10/2015 - Governador Pedro Taques recebeu representantes dos hospitais filantrópicos e Santas Casas

O Governo do Estado está na fase final de elaboração de um levantamento da situação dos hospitais filantrópicos que fazem parte da rede de saúde. Representantes do setor participaram, nesta terça-feira (27.10) de reunião com o governador Pedro Taques, no Palácio Paiaguás. 


Na reunião com os gestores dos hospitais filantrópicos e Santas Casas, Taques afirmou que o problema financeiro dos prestadores dos serviços de saúde é de cunho nacional. Lembrou que a Tabela SUS (que serve de parâmetro para o pagamento dos procedimentos) não é reajustada pelo Governo Federal, fator que elenca como o principal inviabilizador da prestação dos serviços. 


A Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Mato Grosso (Femice) apresentou as demandas das entidades ao governador e aos secretários Gustavo Oliveira (Assuntos Estratégicos) e Eduardo Bermudez (Saúde).

 
Conforme a presidente da Femice, Maria Elizabeth Alves, os hospitais vem como uma dificuldade crescente porque o déficit da Tabela SUS não é coberto. “Chegamos a um ponto que se tornou insustentável, não temos mais como arrolar as dívidas e por isso viemos ao governador expor essas necessidades e pedir ajuda, um auxílio para que possamos atender esses pacientes”, disse. 


Segundo ela, somente as unidades da Região Metropolitana de Cuiabá representam 3,5 mil internações/mês. “Com certeza nós saímos com uma esperança e tenho certeza que o governador, junto com os secretários de saúde, tanto do Estado como os municípios vão trabalhar para que haja uma ajuda a esses hospitais”, disse. 


O secretário de Estado Saúde, Eduardo Bermudez, ressaltou que o envolvimento do governador na reunião com os hospitais filantrópicos mostra a seriedade do Estado em tratar do assunto. “O primeiro tema que discutimos foi a defasagem da tabela de pagamento dos serviços prestados. A presença do Estado sempre estrará em razão do comprometimento do governo com a saúde”, destacou. 


O gestor da saúde lembrou o governo trabalha com olhar voltado a todas as unidades que compõem a rede estadual e atendem pelo SUS. “Estamos estabelecendo uma política para o conjunto dessa rede que devemos manter o atendimento com qualidade”, pontou. Bermudez destacou que a questão discutida na reunião será repassada também ao ministro da Saúde, Marcelo Castro, com quem o secretário terá um encontro ainda nesta terça-feira (27). 

 

 

 

Thiago Andrade
Redação/Gcom-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário