28/10/2015 - Fisioterapeuta tenta injetar vírus HIV na mãe em Cuiabá

Um fisioterapeuta de 41 anos é acusado pela mãe, uma senhora de 71, de tentar transmitir o vírus HIV (Aids) a ela, através de uma picada de seringa. A aposentada passou por exame no Hospital Universitário Júlio Muller, que deu negativo para a doença. Ela registrou um boletim de ocorrências na Central de Flagrantes, na manhã desta terça-feira (27).

 

Segundo a vítima, o filho, possuí o vírus HIV e atormentado pelo uso de drogas, vem desde ontem (26), agredindo a família e os ameaçando. A família reside em um condomínio no bairro Eldorado, na Capital.

Durante a agressão, o homem, que conforme a mãe trabalha em um hospital particular de Cuiabá, como fisioterapeuta, pegou uma agulha de seringa, furou o próprio braço, e em seguida perfurou a mãe, dizendo que queria matá-la. Ele também teria jogado um bebê ao chão, depois, saiu da casa.

A idosa acionou a polícia, e foi encaminhada para exame no Hospital Universitário Júlio Muller. Na madrugada de hoje, o homem retornou, voltou a agredir a família e furtou um televisor, saindo novamente.

Por volta das 6h30, ainda alterado, entrou na casa, mas a Polícia Militar já estava avisada e tentou prendê-lo. Ele conseguiu pegar um pedaço de vidro e começou a se cortar, sendo contido com apoio de reforço policial, e levado para atendimento em um hospital no Bosque da Saúde.

A idosa registrou um boletim de ocorrências, e seria ouvida pelo delegado plantonista na 2ª Delegacia do Carumbé.

 

 

Izabel Barrizon, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário