28/11/2014 - Mãe mantém filha de 20 anos em cárcere privado em Cuiabá

A Polícia Civil prendeu ontem, quarta-feira (26), uma mulher acusada de manter a filha de 20 anos de idade em cárcere privado no bairro Residencial Milton de Figueiredo, em Cuiabá por não concordar com o seu casamento. Ela foi denunciada à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher pelo marido da vítima. 

 

De acordo com as informações da Polícia Civil, a vítima tem união estável registrada em cartório. Contudo, isso não foi suficiente para os pais da jovem aceitar o relacionamento e decidiram por prender a filha. Elizeth Correia da Silva, que manteve a filha em cativeiro, tem 43 anos e já contava com um mandado de prisão por tráfico de drogas. Por este motivo, ela teve o mandado de prisão cumprido. 

 

Já o pai da jovem depôs e foi liberado. Ativismo O resgate da jovem entra para a Campanha dos 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, que acontece entre os dias 20 de novembro a 10 de dezembro, em mais de 130 países.   

 

Outra contribuição do movimento é mostrar que não as ações em defesa da mulher não é uma caça aos homens, mas a todo tipo de ação que seja enquadrado como violência contra esse público. A ação, dentro da Polícia Civil de Mato Grosso, é coordenada pela Delegacia da Mulher. 

 

 

Tarley Carvalho | Redação 24 Horas News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário