29/01/2014 - Produtores foram tratados como animais e AL vai ajudar, garante Riva

O deputado estadual José Riva (PSD) saiu em defesa dos produtores rurais que iniciaram processo de retomada de sua antigas terras, situadas na gleba Suiá-Missú, que dá lugar à terra Marãiwatséde. Para Riva, a reação é compreensível diante da forma como o processo foi tratado. “Trataram essas pessoas como animais”, dispara o social-democrata.

As declarações acontecem em meio a eminência de confronto entre os produtores e as polícias Federal e Rodoviária Federal que foram convocados pela Justiça Federal para expulsar cerca de 300 pessoas que já estão no local. Em dezembro de 2012 cerca de 7 mil pessoas foram expulsas do local. Desde então, estão às margens da rodovia e na casa de parentes, a maioria vive abaixo da linha da pobreza e aguarda a ajuda do governo federal ou da União que nunca veio.

Diante desse possível confronto, Riva não descarta montar uma Comissão para acompanhar in loco os procedimentos. O parlamentar ressaltou ainda que vai cobrar do governador Silval Barbosa (PMDB) que dialogue com a União acerca do impasse. “Eu chego nesta terça em Cuiabá e se for preciso vamos até lá”, enfatiza.

 Os produtores que estão retomando suas terras alegam que não receberam nenhum tipo de ajuda, por isso, a tendência é que entrem em confronto. Para o deputado, a forma que se deu o procedimento de retirada das famílias foi equivocada. O parlamentar argumenta que deveria ser feita após achar um local para que essas pessoas fossem alojadas. “É o cumulo do absurdo tirarem essas pessoas de seu habitat natural”, enfatiza. 

De acordo com a decisão da Justiça Federal, na hipótese de a invasão ocorrer, as forças de segurança devem identificar os invasores, especialmente as lideranças e apreender os veículos e equipamentos utilizados para resistir e desobedecer a polícia. O MPF será comunicado para tomar as providências cabíveis na esfera penal, como requerer a prisão dos responsáveis pela ocupação.

 

Tarso Nunes

Comentários

Data: 29/01/2014

De: Dr Mir

Assunto: mentiras

Quantas mentiras em ano eleitoral.

Novo comentário