29/03/2012 - Mesmo tendo matado mulher e primo, soldado não será exonerado da PM

Apesar de ter assassinado a mulher Maria das Graças Araújo Silva e o primo Gregório Gomes Bezerra Neto e depois fugido com a filha de três anos, o policial militar Fernando Augusto Gomes Bezerra Júnior, 29 anos, não será exonerado dos quadros da Polícia Militar enquanto não for julgado pelos crimes. Ele ainda está foragido com a filha.
 
A permanência do soldado nos quadros da PM foi garantida pelo corregedor da PM, Jorge Catarino, que explicou através de nota, qu o policial não cometeu crime militar e que o crime foi cometido fora do horário de trabalho. Portanto, seu julgamento será feito pela Justiça Comum.
 
Ainda na nota, Catarino ressalta que o soldado Fernando Júnior é considerado foragido da justiça, está sendo procurado e assim que aparecer deverá responder criminalmente pelo que fez.
 
O corregedor esclareceu que o soldado, após se apresentar terá garantido o direito de continuar exercendo normalmente suas funções na Polícia Militar, trabalhando em regime diferenciado, fora das ruas e sem arma.
 
A Corregedoria pretende esperar a conclusão das investigações e ouvir o policial, para só depois abrir um processo administrativo. Até que isso ocorra, o soldado continua escalado no 10º Batalhão da Polícia Militar e recebendo salário.
 
Valdemir Roberto
Da Redação
 
 
 
ENTENDA O CASO  
 

24 horas ápos assassinar esposa e primo, policial continua desaparecido

Passadas 24 horas do desaparecimento do soldado da PM Fernando Bezerra Junior, acusado de matar a esposa e um primo na manhã de quarta-feira (28) na casa onde moravam em Cuiabá, as polícias Civil e Militar ainda seguem sem qualquer informação sobre o paradeiro do rapaz, que sumiu com a filha de apenas 3 anos.

Fernando morava com a esposa Maria das Graças Araújo da Silva e a filha na casa que dividia com um irmão e o primo Gregório Gomes Bezerra Neto. Ontem, por volta das 7 horas, ele executou o primo e a esposa a tiros. Os corpos foram encontrados na sala da casa.

O delegado Antônio Carlos Garcia disse ao Olhar Direto que equipes da Civil e Militar continuam as buscas ao policial, mas como o militar é o pai da criança, o sumiço não configura seqüestro.

Fernando é lotado no 10º Batalhão da PM, Companhia do Bairro Araés. Ele deveria ter se apresentado ao trabalho na manhã desta quinta-feira (19), mas não apareceu e nem fez nenhum tipo de contato.

Segundo o delegado, a família está muito tranquila em relação ao paradeiro de Fernando e da filha, o que pode ocorrer é ele se apresentar em breve na companhia de um advogado. Apesar dessa possibilidade, as polícias seguem nas buscas para tentar localizá-lo.

 

Da Redação - Julia Munhoz

Comentários

Data: 02/04/2012

De: euuu

Assunto: eu quero saber

a te agora eu não sei o motivo do pulicial ter matado os dois sera que foi traição ou somente siume.

Data: 01/04/2012

De: Bene Mel..

Assunto: Traiu Pulou..

Mulher que trai o seu esposo com outro da mesma familia tem que pular mesmo é muita falta de consideração...

Data: 06/09/2012

De: izaias

Assunto: Re:Traiu Pulou..

você tem jeito de ter sido traido já, e ainda deve ser muito otário mesmo para incetivar os outros a matar....você é muito IDIOTA!!!

Data: 31/03/2012

De: anonimo

Assunto: policial esta certo mulher estava ficando com primo ele achou e matou eu concordo com ele tem mais que matar mulher porcaria

policial tem toda razao vai trabalhar e a mulher fica com o primo ele morava na mesma casa pelo jeito era so o coitado do pm ir para o serviço ele ja deitava com ela ate que o pm pegou no fraga os dois policial vc tem toda razao concordo com vc muitos mete o pau fica tranquilo os magistrados vao entender no julgamento se fosse com migo nem deus e de deixar eu fazia a mesma coisa acho que qualquer homem fazia o mesmo concordo com vc plenalmente ela errou e o seu primo e um safado porcaria

Data: 06/09/2012

De: izaias

Assunto: Re:policial esta certo mulher estava ficando com primo ele achou e matou eu concordo com ele tem mais que matar mulher porcaria

vc só pode ser um outro policial fulero mesmo para defender um assassino, essa história de traição e balela para aliviar a culpa por ter matado a esposa e o primo, passou a noite inteira enchendo o cú de cana para espancar como já era de costume, entendeu seu viado!!!

Data: 30/03/2012

De: fada

Assunto: pra vç

muito bem
quer dizer que o policial pode matar e cotinuar matando eu quero ele longe da minha familia

Data: 30/03/2012

De: EU

Assunto: não erra

Esses caras não erram errado e quem estava na frente de sua arma.

Data: 30/03/2012

De: anonimo

Assunto: crime

resumindo então ele pode sair matando,e fugir quantas vezes quiser,pois esta fora da farda.a vida dos outros vira brinquedo nesse caso.

Novo comentário