29/03/2014 - Presidente do sindicato de São José do Xingu fala das dificuldades e superação em defender o direito do Servidor Publica Municipal

O Presidente do Sindicato de São José do Xingu (SINSEPUX-MT) Alcino Moura em entrevista a nossa reportagem falou das dificuldades, superação e dos desafios que tem pela frente, da responsabilidade e comprometimento em defender o direito do Servidor do Município.


A necessidade da organização sindical em São José do Xingu-MT foi justamente por a negligência de prefeitos sem comprometimento em melhorar as condições de trabalho e a valorização profissional do Servidor Público Municipal. Como revisão salarial, Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS), licença Prêmio, Adicionais de Insalubridade e periculosidade e outros itens. Mas justamente porque a política se tornou local freqüentado pelos os mais perversos praticantes da degradação do bem público e da dignidade humana. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José do Xingu SINSEPUX-MT, vem encarando esse desafio com responsabilidade e superando as articulações e manobras dos políticos e secretários que cada dia procura desarticular o sindicato. O sindicato tornou-se uma esperança para esses trabalhadores que sonham em trabalhar, ter respeito e uma vida de qualidade. Quero agradecer a cada companheiro sindicalizado que tem colaborado e acreditado em nossa proposta de trabalho vocês são o centro da memória desta estrutura Sindical. 


DIRETORIA EXECUTIVA
ALCINO OLIVEIRA MOURA: PRESIDENTE
ELISMAR BENICIO DA SILVA: VICE-PRESIDENTE
DANIEL LUZ SOUZA: SECRETÁRIO GERAL
VERÔNICA DA SILVA SANTOS: 2ª SECRETARIA
ERNANDES LIMA LUZ: TESOUREIRO GERAL
HILDA MARTINS DA SILVEIRA: 2ª TESOUREIRA
JOSÉ DE RIBAMAR DA COSTA NETO: PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL
LUCIMAR CAETANO DE SOUZA: CONSELHO FISCAL
UILTON CAVALCANTE CAMPOS: CONSELHO FISCAL
JOÃO JOSÉ DA SILVEIRA: 1º SUPLENTE CONSELHO FISCAL
NILZETE GOMES DE SOUZA: 2ª SUPLENTE CONSELHO FISCAL
ALESSANDRO PREIRA DA SILVA: 3º SUPLENTE CONSELHO FISCAL 

 

 

Lima, o repórter do Araguaia.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário