29/07/2011 -08h:35 Apresentador de TV chama ex-prefeito de corrupto e afirma receber R$ 12 mil

 

Já era no final do programa quando o apresentador da TV Record de Juína Lelinho Kapich fez um desabafo ao responder o questionamento de uma telespectadora, que indagou ao apresentador o valor de R$ 400 mil, gastos com propaganda no município. O dinheiro é administrado por uma agência de Cuiabá. “Esses outdoors que tem aí, a secretaria de Assistência Social que vai fazer esse trabalho de divulgação, tem que fazer panfletos, tem que fazer isso, tem que fazer aquilo, ta incluindo nesses R$ 400 mil” – informou.

Mais adiante, o apresentador revelou quanto recebe por mês da prefeitura. “O meu, como eu não tenho segredo, é R$ 12 mil que é pago para a Z-8 (agência), que leva 20% e eu recebo R$ 9.400 por mês pára, por exemplo, eles estão aqui, não estou dando de graça não, inclusive quando vocês vêm aqui agradecer, vocês não tem que agradecer não, vocês estão pagando para aparecer aqui viu Luís” – explicou o apresentador se referindo aos secretários Luís Braz, Planejamento e Gisele Rodrigues, Assistência Social que estavam sendo entrevistados.

Para encerrar o programa, o apresentador ainda chamou de corrupto o ex-prefeito Hilton Campos. “Como fundador de Juína eu sempre como pessoa, admirei. Agora nós estamos falando do ex-prefeito Hilton Campos. Como prefeito foi corrupto como já falei aqui e provei. Comprou 380 vacas para merenda escolar e não entrou um quilo. Comprou 5 toneladas de sardinha num mercado em Cotriguaçu, acho que nunca entrou 5 toneladas de sardinha em Cotriguaçu, isso ex-prefeito Hilton Campos” – afirmou.

A assessoria do ex-prefeito afirmou que vai entrar na justiça contra o apresentador.

 

Fonte: Ivan Pereira de Juina

Comentários

Data: 30/07/2011

De: Eudes

Assunto: eletro_marista@hotmail.com

falar a verdade é bom e as vezes até bonito mas precisa saber onde e quando...

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.