29/07/2011 - 08h:30 Servidores se reúnem e pedem mais respeito a Silval Barbosa

 

Os servidores de três categorias ainda não atendidas pelo governo do Estado se reuniram nesta quinta-feira (27) na Praça Santos Dumont em Cuiabá, para chamar à atenção da sociedade a indiferença do governador Silval Barbosa (PMDB) com as negociações que propiciem o fim das greves. A Secretaria de Meio Ambiente, Departamento Estadual de Trânsito e a Polícia Civil, se reuniram para questionar o porquê de somente eles não terem sido atendidos até o momento.

Cerca de 250 pessoas estavam no local ao redor de um caminhão que exibia faixas pedindo mais respeito com os trabalhadores. Cada um vestido ‘sua camisa’, mas unidos por um mesmo pedido, circularam pelas avenidas de Cuiabá e botaram um ponto final no protesto de hoje na Praça Alencastro, no centro. Até mesmo os ‘monstros’ que ameaçam a segurança pública, como o latrocínio e a violência, estiveram presentes para lembrar a importância da continuidade do trabalho.

As classes reunidas iniciaram os movimentos grevistas ainda no mês de junho e deram uma pausa para que Silval avaliasse as propostas de negociações. Do mesmo modo, apesar de terem o direito de greve garantido pela Constituição, tiveram suas atividades consideradas ilegais pela Justiça no estado. Negaram-se a ceder ‘as ameaças’, e agora seguem unidos “para pedir valorização”, conforme informou o presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil (Siagespoc) Clédson Gonçalves.

Enquanto isso, nenhuma conversa é mantida com os manifestantes. Até o momento, o único recado dado é de que os pontos dos grevistas podem ser cortados e os sindicatos multados. E assim, o movimento continua, e ao menos por enquanto, continua até que ao menos o governador aceite conversar com os trabalhadores. Se não houver consenso, um lado positivo pode ser adicionado para os manifestantes ignorados. Mais uma classe quer se juntar à luta, dessa vez, a Polícia Federal vem aí.

 

Da Redação - Priscilla Vilela

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.