29/07/2013 - Família de MT quer esclarecimentos sobre explosão que vitimou soldado da Aeronáutica

A família do soldado da Aeronáutica, Maykssuel Oliveira, 22 anos, vítima de uma explosão na Base Aérea de Brasília, ocorrida dia 15/07, continua na capital federal para obter mais informações sobre a morte do jovem que foi sepultado em Barra do Garças sexta-feira (19).

Agora, a família quer saber porque o jovem estava sozinho na hora do acidente e porque não foi levado para um hospital em Brasília. O tio do militar, pastor Amarildo Oliveira, ressaltou que Maykssuel estava arrumando uma peça no assoalho da aeronave no momento que houve a explosão e nesse instante ele estava sozinho.

Outro aspecto que chamou é que o caixão de Maykssuel veio lacrado do Rio de Janeiro e não queriam que ele fosse aberto, fato que a família não aceitou e decidiu abri-lo para verificar o que estava acontecendo. A mãe do militar está em Brasília para obter informações.

De acordo com a Aeronáutica o jovem teve boa parte do corpo queimado. Ele foi socorrido e encaminhado para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital da Aeronáutica do Rio de Janeiro. Um inquérito foi instaurado para apurar as circunstancias do acidente. 

Fonte: Olhar Direto

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário