29/07/2016 - Lula orientou reforma de R$ 1,2 milhão no sítio em Atibaia (SP), diz jornal

29/07/2016 - Lula orientou reforma de R$ 1,2 milhão no sítio em Atibaia (SP), diz jornal

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, dona Marisa Letícia, orientaram as reformas no sítio de Atibaia (SP), frequentado pela família do petista e investigado pela força-tarefa da Operação Lava Jato.

As mudanças na propriedade custaram R$ 1,2 milhão, de acordo com laudo da PF (Polícia Federal) divulgado pelo jornal Folha de S.Paulo nesta quinta-feira (28).

As reformas no sítio foram planejadas em setembro de 2010, mas começaram efetivamente em novembro de 2010 — portanto, enquanto Lula ainda ocupava a Presidência da República. As alterações na propriedade prosseguiram até outubro de 2014, de acordo com o jornal paulistano.

Após analisar os gastos com os equipamentos de cozinha do sítio, o laudo da PF aponta que "a execução foi coordenada por arquiteto da empreiteira OAS, Sr. Bento Gordilho, com conhecimento do presidente da OAS, Léo Pinheiro, e com orientação do ex-presidente Lula e sua esposa, conforme identificado nas nas comunicações do arquiteto da empreiteira e de Fernando Bittar".

A publicação indica ainda que os agentes federais dizem, no laudo, que as mensagens de texto trocadas entre Gordilho e Pinheiro se referem ao sítio como "fazenda do Lula" e pedem que o assunto seja mantido em "sigilo absoluto". Essas mensagens indicam que a compra e a instalação da cozinha do sítio de Atibaia foram bancadas por um centro de custo da OAS chamado "Zeca Pagodinho".

Os policiais federais indicaram ainda que acharam, em uma mídia pertencente a Gordilho, uma foto de Lula no sítio. 

 

 

R7 Noticias

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário