29/08/2011- 10h:08 Ativistas prometem não se calar diante da corrupção em MT

 

Definidos em um grupo como “apartidários”, ativistas que se organizaram através de redes sociais como Twitter e Facebook realizam no dia 7 de setembro um manifesto contra a corrupção em Mato Grosso.  O protesto será ás 7h30 na Praça das Bandeiras em Cuiabá no mesmo momento do desfile cívico em homenagem a Independência do Brasil.

 

A mobilização ocorrerá simultaneamente nos estados de Florianópolis, São Paulo, Campinas, Curitiba, Belo Horizonte, Belém, Brasília e Rio de Janeiro. Faixas, nariz de palhaço e panfletos reivindicando o fim do silêncio a impunidade e a renovação no ambiente político serão expostos e distribuídos.

 

Na capital a previsão é que cerca de 400 ativistas participem da ação. De acordo com a organizadora do movimento em Cuiabá, Isis Filipaldi, a proposta do manifesto é alertar a população de que todos estão vendo o que ocorre no cenário político e que juntos podem sim combater a impunidade.

 

 “A corrupção está muito exposta e acabou a ética e a vergonha. Essa é uma maneira de fazer renascer o orgulho de ser honesto. Não podemos nos calar porque é isso que eles esperam da gente e temos que cobrar do judiciário para que sejam julgados e tenham seus bens bloqueados”.

 

Em relação a descrença da população em deixar de cobrar aqueles que se esquecem do “propósito” pelo qual estão no poder, ela afirma que é possível e que ainda existam pessoas honestas que querem e podem fazer o bem para o povo . “A gente precisa de um político profissional e não pessoas que fazem da política uma profissão, porque esses não sabem o que é pagar imposto e o que fazem é somente para bem próprio”.

 

O grupo denominado ‘Manifesto Contra a Corrupção’ foi criado no mês de junho em Mato Grosso após repercussão de denúncias envolvendo o ex-diretor geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transporte (Dnit), Luiz Antônio Pagot, e situações relacionadas a Mato Grosso. Os integrantes são de partidos diferentes e garantem deixar de lado as siglas quando o objetivo é apenas o combate de atos impunes.

 

Foto: Sandra Carvalho

Evelyn Ribeiro/Site No Poder

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.