29/08/2016 - Maggi contraria Temer e entra em eleição municipal contra candidatos da base

29/08/2016 - Maggi contraria Temer e entra em eleição municipal contra candidatos da base

O ministro de Agriculta, Blairo Maggi (PP), contrariou o as recomendações do presidente interino Michel Temer (PMDB) e decidiu participar das eleições municipais em um município onde vários candidatos da base do governo disputam uma prefeitura. No caso, ele aparece em um vídeo declarando apoio ao candidato Dalton Martini (PP), de Sinop, onde os outros dois concorrentes são de siglas governistas.

 

“Olá meus amigos e minhas amigas de Sinop. Agora em outubro nós teremos eleições e eu estou aqui para me apresentar como fiador da eleição e da candidatura de Dalton Martini. Dalton foi meu companheiro, meu amigo por várias eleições que disputei. E é um homem que trabalha, que faz prosperidade, que mexe e cuida das pessoas.  Portanto, eu quero pedir o voto para Dalton Martini e dizer que terá todo o meu apoio enquanto Ministro da Agricultura”, afirma o ministro, no vídeo de 30 segundos exibido logo no primeiro horário eleitoral gratuito do município.  

A ideia de Temer era deixar nomes importantes do governo de fora das brigas dos “currais eleitorais”, nos quais deputados federais devem se envolver diretamente nas eleições e poderiam criar problemas de relacionamento com ministros ou secretários nacionais devido às campanhas. Essas rivalidades poderiam interferir no momento de aprovação de projetos importantes para o Governo.

Em Sinop, Dalton Martini concorre contra a vice-prefeita Rosana Martinelli (PR) e Roberto Dorner (PSD), ambos candidatos de partidos da base de Michel Temer. O ministro Blairo Maggi chegou a anunciar que não participaria do horário eleitoral de nenhum candidato para seguir as recomendações “do chefe”.

Imagens coladas

A presença de Blairo Maggi no primeiro programa eleitoral é uma forma de tentar “colar” a imagem de Dalton Martini ao do ministro da Agricultura, atualmente uma das principais lideranças políticas de Mato Grosso e um case de sucesso no agronegócio. Essa também é uma das formas de enfrentar a favorita Rosana Martinelli, cuja imagem é associada a do atual prefeito de Sinop, Juarez Costa (PMDB), de quem ela é vice. O prefeito é bem avaliado na cidade e teve a gestão premiada várias vezes por órgãos de controle externo. Por outro lado, Roberto Dorner é o candidato que concorre com apoio do Governo do Estado.

Ainda não foi informado se essa foi a única participação de Blairo na campanha em 2016 ou se outros programas foram gravados. O ministo já agendou uma viagem institucional para setembro, mês em que a campanha deve se intensificar. Ele acompanhará Michel Temer na reunião do G20, na China, e depois passará por vários países da Ásia com um grupo de empresários brasileiros para tentar fechar acordos comerciais. O itinerário devera incluir Coréia do Sul, Vietnã, Mianmar, Malásia e Índia, aonde mato-grossense tentarão vender madeira e etanol, entre outros produtos.

 

 

 

Da Redação - Jardel P. Arruda

 

Comentários

Data: 04/09/2016

De: Luis Gonzaga Domingues

Assunto: luisodomingues@hotmail.com

Quanta competência da maioria desse ricos, pois conseguem acumular riqueza em tão pouco tempo. Os professores trabalham a vida inteira e não ficar ricos. Ao onde está o mistério e a raiz da questão?
A família é um delas. Eu gostaria que orientassem os professores para apreenderem a acumular dinheiro.Claro! Que deveria ser honestamente já que eu não ficar através da corrupção. Seu Blairo mande um texto me orientando sobre esse tema. Agradeço.

Novo comentário