29/09/2014 - Janete diz que preferiu "ficar de fora da troca de farpas"

A candidata ao governo do Estado Janete Riva (PSD) afirmou que aproveitou o debate da TV Record, realizado na noite desta sexta-feira (26), para apresentar propostas à população - e "ficar de fora" das trocas de farpas promovidas pelos demais postulantes ao Palácio Paiaguás.

Ela disse que explicou à sociedade como vai implantar o Bolsa Família Estadual, caso eleita governadora de Mato Grosso, além de apresentar propostas nas áreas de saúde, educação e segurança pública.

“Foi um momento ímpar para poder apresentar nossas propostas, pois o debate atinge um grande número de pessoas. Mostramos à população que temos o melhor plano de governo. Não entrei nas pegadinhas dos outros candidatos, pois isso já é história velha na política e a população não gosta desse tipo de jogo e não gosta de baixarias, o povo quer proposta”, disse. 

Sobre o Bolsa Família Estadual, a candidata do PSD disse que é preciso levar mais arroz, feijão e carne para as famílias mais carentes. “A criança, quando bem alimentada, rende melhor na escola. Quero corrigir distorções e cuidar da nossa população. O programa terá a duração de um ano e vai oferecer o mesmo valor do programa do governo federal, que atualmente está em R$ 70. Em contrapartida, os beneficiados precisam participar de projetos de capacitação para conseguirem montar o próprio negócio”, disse.

Janete Riva afirmou que o programa, então, estimulará a geração de emprego e renda para a população. “No nosso governo, o MT Fomento vai voltar às origens, oferecendo microcrédito para as pessoas poderem montar o seu próprio negócio, para a família conseguir caminhar sozinha. Com isso, a Bolsa Família Estadual não será apenas transferência de renda, mas oferecerá também mais dignidade às pessoas”, argumentou.

Questionada sobre os recursos para a implantação do projeto, Janete esclareceu que irá revisar os incentivos fiscais estaduais destinados a algumas empresas (tradings) da cadeia da soja. Só em 2013, com a isenção, o Estado deixou de recolher R$ 220 milhões em impostos. Com esse montante, Janete afirmou que será possível investir no programa com qualidade, com recursos na ordem de R$ 195 milhões, e ainda vai sobrar dinheiro para os cofres públicos.

Integração

De acordo com Janete Riva, o seu governo será marcado pela integração entre os setores. Como exemplo, citou que haverá maior união entre as Secretarias de Educação (Seduc), Esportes (SEEL) e Cultura (SEC) para levar mais práticas esportivas e projetos culturais para as escolas estaduais do Estado.

A candidata lembrou que, imediatamente, não é possível implantar o período integral nas escolas o que, em sua gestão, será feito a médio e longo prazo. “Teríamos que dobrar o número de escolas imediatamente, o que não é possível no primeiro ano de gestão. Então, vamos integrar as secretarias e trabalhar na transversalidade, que é levar projetos de esporte e cultura para as nossas crianças e adolescentes, com o objetivo de protegê-las”.

A saúde de Mato Grosso está na “UTI”, disse Janete. “Os maiores índices de pessoas que estão no hospital são em função de acidentes, tiros e facadas. Então, precisamos conservar mais as nossas rodovias e investir em segurança pública, com aumento do efetivo e cuidando da nossa fronteira. Vamos construir um Hospital Estadual em Cuiabá com 300 leitos, fortalecer os hospitais regionais, além de cuidar de Mato Grosso como um todo, pois temos um Estado rico, mas a riqueza não chega à população”, criticou.

Para a infraestrutura, ela disse que pretende promover Parcerias Público-Privadas (PPP) para fortalecer o Estado. Já na questão econômica, garantiu implementar a quarentena, para que o empresário não durma e acorde com uma nova normativa. “Precisamos dar segurança para os nossos empresários, pois, atualmente, muitos montam suas empresas em outros estados pela insegurança jurídica e econômica. A desburocratização é necessária”.

Sobre as estratégias de governo, Janete afirmou que vai implantar a Central de Projetos na gestão estadual. “Atualmente, perdemos até seis meses com projetos. Precisamos dar celeridade a este Estado para termos o progresso”. Na área da educação, reforçou a ideia de promover ampla discussão, já no início da gestão, para debater com professores e pais sobre a escolha do melhor modelo de ensino. “Será a primeira determinação ao secretário de Educação, promover encontros regionais nos polos para discutir políticas públicas para a educação. Também vamos instalar a meritocracia”.

 

 

Da Redação

Comentários

Data: 30/09/2014

De: Roberto

Assunto: Propostas

Enquanto os oposicionistas discutem besteiras atacando uns aos outros, até aqui nos comentários. A população vai acompanhando as propostas de Janete. Antes de decretarem que ela está fora do segundo turno é melhor esperar. Ninguém morre de véspera. JANETE 55.

Data: 29/09/2014

De: Boca de c... de galinha

Assunto: Chupa Juliano

Além de ficar fora da troca de farpas, vai ficar também fora do Segundo Turno !
Chupa Vanessa !!!
Chupa Juliano !!!
( tá sumido o Juliano )

Data: 30/09/2014

De: boca de c... de frango

Assunto: Re:Chupa Juliano

SUMIU MEMO, ELE NAO GUENTOU OUVI NOSSAS VERDADE.

É 12! É 40!

Data: 29/09/2014

De: mecanico

Assunto: jani

essa mulhe ta precisando de retifica no chassi e na funilaria. ta so u bagaço.


se olha pru espelhu ele vira so u caco

Data: 29/09/2014

De: Nando

Assunto: rrrrá rrrrá

Engraçada essa mulé. ela ainda nao entendeu que ta fora da politica indeusde que entrou.

como politica ela e uma boa dona de casa.

Novo comentário