29/10/2013 - Mochila com cabeça de marido de PM de UPP é deixada na porta da casa da família

Uma mochila com a cabeça do marido de uma policial militar da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do São Carlos, no centro, foi deixada na frente da casa da família, em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta terça-feira (29). A informação inicial era de que a policial seria lotada na UPP da Mangueira, zona norte.

De acordo com a PM, a casa onde a mochila foi deixada fica na esquina das ruas Rosa Martins com Laura Dias. Em nota, a corporação informou que a vítima, identificada como João Rodrigo dos Santos, 35 anos, foi rendida em seu comércio, próximo à comunidade Minha Deusa, em Realengo, e levado por criminosos dentro do próprio carro. A área, segundo a PM, sofre influência de milicianos.

A mulher do comerciante disse ter ouvido um barulho na porta de casa, por volta das 6h, e viu jogada na calçada a mochila do marido, onde estava a cabeça. Segundo a polícia, ela estava sendo ouvida às 11h por agentes da Divisão de Homicídios. Segundo a PM, a agente dá aulas de natação no São Carlos e tem histórico de boa conduta.

Policiais militares realizam desde cedo buscas na região para encontrar o corpo e o carro da vítima. De acordo com a mulher dele, os olhos estavam perfurados e a língua havia sido cortada.

 

Do R7

Comentários

Data: 31/10/2013

De: revoltado

Assunto: e isso q da

E isso que da ter pena de badido o policial que matou um vagabundo roubando moto foi afastado eu não concordo badido bom e bandido morto

Novo comentário