29/10/2014 - Em Nova Maringá pessoas foram mantidas como reféns. E em Ribeirãozinho os criminosos quase detonam uma agência inteira

Duas agências bancárias sofreram ação de criminosos em menos de 24 horas no interior de Mato Grosso. Em uma agência, pessoas foram mantidas como reféns e na outra os caixas eletrônicos foram explodidos.

 

A ação mais recente aconteceu na madrugada desta terça-feira (28), no município de Ribeirãozinho (a 500 km de Cuiabá), quando bandidos usaram explosivos para arrobar os caixas eletrônicos. O impacto da explosão foi tão forte que boa parte dos aparelhos foram destruídos. Parte da estrutura da agência também foi ao chão.

 

Os bandidos conseguiram levar certa quantia em dinheiro que não foi divulgada pela Polícia Militar. A polícia está no encalço dos criminosos, mas até agora ninguém foi achado. A perícia técnica também examina o local, bem como o material utilizado para explosão com objetivo de achar pistas que levem ao paradeiro dos bandidos.

 

Já em Nova Maringá (a 369 km de Cuiabá), bandidos, no estilo novo cangaço,aterrorizam os moradores da região. Na tarde desta segunda-feira  eles invadiram uma agência do Banco do Brasil, fizeram o assalto e levaram seis pessoas como reféns que durante a fuga foram liberadas.

 

Os criminosos utilizaram uma caminhonete para fugir. Primeiros eles seguiram no rumo de Campo Novo do Parecis (a 390 km de Cuiabá) e depois no sentido do município de São José do Rio Claro (a 315 km de Cuiabá). Até o momento, a polícia não localizou os criminosos. 

 

 

Por: MARCIO CAMILO