29/10/2015 - Trio que transportava pasta base para TO é preso em Confresa

Dois homens e uma mulher que transportavam cinco tabletes de pasta de base de cocaína foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na noite de segunda-feira (26.10), no município de Confresa (1.160 km a Nordeste). A ação da Delegacia de Polícia da cidade com apoio da Delegacia de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste), impediu a chegada do entorpecente até o destino final, no Estado do Tocantins.

Os suspeitos, João Mario Pereira da Silva, Robson Batista da Silva, e Joice Azevedo Santos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A filha de Robson, de 04 anos, que estava junto com o pai na ação criminosa, foi entregue ao Conselho Tutelar.

As diligências iniciaram após denúncia de que dois veículos possivelmente envolvidos com o tráfico de entorpecente estavam nas proximidades da Rodovia BR 158. Com base nas informações os policiais civis realizam barreiras no cruzamento que liga Confresa à Canabrava do Norte (1.125 km a Nordeste), concluindo o cerco policial próximo a saída para o município de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste).

O veículo suspeito, uma picape Strada, branca, foi parada pelos policiais de Porto Alegre do Norte, no mesmo momento em que o segundo automóvel, Gol preto, foi abordado pela equipe de investigadores de Confresa.

Na abordagem do veículo Gol, conduzido por João Mario, foram encontrados cinco tabletes de pasta base de cocaína, com peso total de mais de 05 quilos, que vinha sendo escoltada pela picape Strada, dirigida por Robson na companhia de sua esposa, Joice. Além do casal, a filha do suspeito de apenas quatro anos e mulher que havia pegado carona com os suspeitos estavam no carro.

Os suspeitos na picape Strada estavam atuando como “batedor” seguindo à frente do veículo com a mercadoria ilícita, para comunicar eventuais ações policiais. Os dois veículos estavam equipados com rádio transmissores e antenas para fazer comunicação. A criança foi entregue ao Conselho Tutelar e a mulher liberada, após ser ouvida como testemunha na delegacia.

Segundo a Polícia, João Mario, Robson e Joice, que receberiam R$ 10 mil para entregar a droga no Estado do Tocantins. Eles foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Conforme o delegado de polícia de Confresa, André Rigonato, as investigações continuam para apreender mais drogas.

“O resultado positivo só foi possível pelo empenho e dedicação dos policiais civis no combate à criminalidade na região”, destacou André Rigonato.

 

 

PJC
Mato Grosso

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário