29/11/2015 - Mulheres vão às ruas contra projeto de Cunha

Um grupo de mulheres realizou, na manhã deste sábado (28), em Cuiabá, um ato contra o projeto do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que modifica a Lei de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual e tipifica como crime contra a vida o anúncio de substância, processo ou objeto destinado a provocar aborto.

Na passeata, as mulheres da Praça Ipiranga até a Delegacia da Mulher e depois retornaram ao ponto de partida. 

A professora Sara Castilho disse que a mobilização é uma forma de lutar contra a violência que é sofrida pelas mulheres e agora, a proposta do projeto que prevê uma dificuldade no acesso ao atendimento hospitalar a essas vítimas. "Não será levado em conta o trauma que é sofrido por essa mulher. Basta dessa cultura do estupro".

Já na opinião de Maria Luiza Zanirato, uma das manifestantes, o mundo evoluiu, mas a mulher ainda precisa consquitar os seus direitos, devido a prevalência do pensamento machista. "Esse projeto é um retrocesso".  

 

 

Natália Araújo, especial para o GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário