29/12/2014 - Localizado em Lucas R. Verde corpo de acadêmico que residia em Sinop e foi morto por latrocidas

A Polícia Militar acaba de confirmar que foi localizado, em uma área rural, no município de Lucas do Rio Verde, o corpo do acadêmico de medicina, Eric Francio Severo, 21 anos, que foi assaltado em Sinop, ontem de madrugada, e executado por dois latrocidas, que foram presos, neste sábado à tarde, em Campo Grande (MS), com a caminhonete S-10, branca, do pai de Eric, o advogado e jornalista Leonildo Severo.

O corpo está próximo a uma árvore, a alguns quilômetros da rodovia, e foi localizado por policiais que fazem buscas desde ontem. Peritos do Instituto Médico Legal estão indo ao local para fazer os procedimentos. Eric será trasladado daqui a pouco para Sinop, onde será sepultado. Vai ser definido horário e onde será velado.

A família, muito abalada, acaba de ser comunicada da tragédia, da forma covarde que o acadêmico foi assassinado. Havia muita esperança que ele fosse localizado com vida.

Local onde o corpo foi encontrado

Os latrocidas Márcio Marciano Batista, 30 anos, e Rafael Bueno dos Santos Mussuco, 25, anos, confessaram o crime brutal. Eric era jovem calmo e não teria reagido ao assalto. Ele foi dominado quando saía de um bar, na área central da cidade. Os pais estranharam que ele estava demorando em retornar e, às 4hs, começaram a procurá-lo. Acredita-se que Marcio e Rafael tenham dominado Eric por volta das 2:45hs.

Antes de ir ao bar com dois amigos, ele havia jantado com os pais, irmão e demais familiares. Cada um foi ao seu carro e iriam para casa. Mas Eric foi dominado pelos criminosos e, ao que tudo indica, seu celular foi desligado. Familiares e amigos fizeram busca incessante durante todo o sábado. Ainda pela manhã, foi registrada ocorrência policial sobre seu desaparecimento e percorridos hospitais e unidades de saúde. Nas rede sociais, o caso foi relatado com pedidos de informações sobre seu paradeiro.

PM e Polícia Civil de Sinop fizeram buscas. Ontem, no final da tarde, conforme Só Notícias já informou, a Polícia Rodoviária Federal em Campo Grande parou a S-10 e logo constatou que era o veículo de Leonildo Severo. Marcio e Rafael foram presos. A PRF apreendeu um revólver, 11 munições e uma corda. Eles, inicialmente, confessaram o roubo, mas não falaram o que fizeram com Eric Francio Severo. À noite é que informaram os policiais que deixou ele na estrada rural e foi dado tiro em sua cabeça. Um deles foi funcionário de uma empresa em Sinop, no setor de segurança, trabalhando em casas noturnas. Eles disseram para a polícia sul-mato-grossense que iriam levar o veículo para o Paraguai, onde seria vendido, e que o roubo foi encomendado por presidiários em São Paulo - versão que está sendo apurada.

As buscas iniciaram ainda hoje de madrugada e foram intensas por parte de policiais, bombeiros e voluntários. Alguns se emocionaram ao encontrar o jovem e a forma covarde e brutal que foi morto.

Eric cursava o segundo ano de medicina e estava cursando um grande sonho: tornar-se médico. Estudava em Santa Catarina e chegou a Sinop, há poucos dias, onde passaria as férias. No sábado, decidiu sair com os amigos.

O advogado e jornalista Leonildo Severo publicou, há pouco, em sua página em uma rede social, mensagem agradecendo o apoio: "Meus amigos. Muito obrigado a todos. Mas a realidade é que perdemos o Eric Francio Severo. Agradeço a todos pelo empenho e pelo apoio.." Hoje é aniversário de Leonildo (pioneiro na imprensa sinopense), que é sócio da agência Selva Comunicação, juntamente com a esposa, Soely Francio Severo.

(Latrocidas Marcio e Rafael - foto: Campo Grande News)

 

Escrito por Só Notícias/Editoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário