29/12/2015 - Gasolina sobe a partir de 1º de janeiro de 2016

29/12/2015 - Gasolina sobe a partir de 1º de janeiro de 2016

A partir do dia 1º de janeiro, o preço médio do litro da gasolina fica R$ 0,06 mais caro. O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) atualizou a tabela de preços dos combustíveis que serve de base para a cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas refinarias.

A gasolina vai passar de R$ 3,70 para R$ 3,764. O litro do etanol (álcool combustível) passa de R$ 2,794 para R$ 2,951. O GNV (Gás Natural Veicular) teve queda de preço. Era R$ 2,353 e passou para R$ 2,331 na nova tabela de preço médio ponderado ao consumidor final do Confaz, órgão ligado ao ministério da Fazenda.

O Confaz é formado por técnicos do governo e representantes das secretárias estaduais de Fazenda, o valor determinado leva em conta as características de produção e custo de transporte de cada estado. Neste valor médio, não é considerada a margem de lucro dos donos dos postos de combustíveis.

São Paulo tem o menor valor médio de gasolina e álcool para o mês de janeiro, R$ 3,495 e R$ 2,543, respectivamente. A gasolina mais cara do País é a do Acre, que custará R$ 4,034 o litro a partir do dia 1°. Em Roraima, que tem o maior preço para etanol, o litro do álcool vai custar R$ 3,360, em média.

O GNV mais barato, segundo a tabela do Confaz, é no Espírito Santo (R$ 2,062 o m³) e o mais caro é o do Distrito Federal (R$ 2,331 o m³).

A variação entre o maior e o menor preço dos combustíveis, a partir do dia 1º de janeiro, fica assim: gasolina 15,4%, álcool 32,1% e GNV 26%.

As fortes chuvas no final de novembro e início de dezembro prejudicaram a produção de cana-de-açúcar em diversas regiões do País. A safra vai até fevereiro. Em relação à produção anterior, a safra 2015/2016, deve crescer 3,8%, segundo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). O etanol representa 57,9% da produção de cana-de-açúcar. Ao todo, serão produzidos 29,21 bilhões de litros de etanol contra 28,66 bilhões de litros da safra anterior.

Como escolher

Quem tem carro flex e quer saber se vale a pena abastecer com álcool ou gasolina deve multiplicar o valor do litro de gasolina por 0,7 e comparar com o valor do litro do álcool. Se o resultado for maior, compensa usar o álcool. Se for menor, a vantagem é abastecer com gasolina.

Com o preço médio de R$ 3,764 para a gasolina e de R$ 2,951 para o litro do álcool, compensa abastecer com gasolina. A economia é de 10,7%.  

 

 

R7 Noitícias

Comentários

Data: 29/12/2015

De: Lucival

Assunto: Um absurdo

Um absurdo parece não ter lei o combustível em Canaã dos carajás e Parauapebas a gasolina no valor de 4,21 entre 4,31 nos postos de gasolina está mais caro do q no acre

Novo comentário