29/12/2015 - Em janeiro, Defensoria abre concurso para 20 vagas

29/12/2015 - Em janeiro, Defensoria abre concurso para 20 vagas

O defensor-geral Djalma Sabo Mendes afirma que o quadro da Defensoria do Estado é de 180 servidores. Esse número, entretanto, deve subir para 200 após a realização do concurso público para o preenchimento de 20 vagas.

“Deve ser lançado em janeiro. Com isso, vai fechar o quadro que por lei é de até 200 servidores no Estado”, afirmou.

Conforme o Diário Oficial que circulou na última segunda (21), a UFMT será responsável pela aplicação das provas. O custo para a realização do concurso será de R$ 470,4 mil. O salário dos defensores em início de carreira chega perto dos R$ 20 mil.

Neste ano, segundo o defensor-geral, houve um aumento de 18% nos quadros da Instituição, que passou de 153 defensores públicos em atuação em 2014, para  os 180,  que estão presentes em 64 Comarcas de Mato Grosso.

Os atendimentos prestados pela Defensoria cresceram 30% no primeiro semestre de 2015, quando comparados ao mesmo período do ano passado.

Conforme levantamento realizado pela Corregedoria-Geral da Instituição, foram concretizados 128,9 mil atendimentos nos seis primeiros meses deste ano e 99,2 mil no mesmo período em 2014.

O maior número de atendimento em 2015, de acordo com o órgão, ocorreu no mês de março, quando foram realizados mais de 25,4 mil atendimentos ao público. Em 2014, no mesmo mês, foram 20,3 mil. O que representa um aumento superior a 25%.

 Segundo Djalma, o defensor público atua em todas as áreas, principalmente, saúde, família, adolescente, fundiária. O defensor-geral argumenta só na família existe várias vertentes como separação, divórcio, “É uma das principais demandas”, finaliza.

 

 

Midia News
TARSO NUNES

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário