30/05/2015 - Polícia Civil prende 12 pessoas acusadas de grilagem de terras em Confresa

30/05/2015 - Polícia Civil prende 12 pessoas acusadas de grilagem de terras em Confresa

Doze pessoas foram presas pela Delegacia de Polícia do município de Confresa (1.160 km a Nordeste), na tarde de quarta-feira (27.05), acusadas de grilagem de terra, na operação "Top Five” da Secretaria de Segurança Pública, desencadeada pela Polícia Judiciária Civil, para prender lideranças criminosas que agem no Estado de Mato Grosso. 

Os suspeitos, sendo 11 homens e 1 mulher, foram autuados em flagrante pelos crimes de esbulho possessório, associação criminosa, desobediência e resistência a prisão.

De acordo com o delegado da cidade, Andre Rigonato, as investigações partiram de um inquérito policial instaurado no ano de 2013, para apurar crimes de invasão de terra e identificar  as principais lideranças de esbulho possessório na região do Araguaia.

Durante diligências,  os policiais civis descobriram que um grupo de 'grileiro' haviam invadido grande área de terras particular, usando de violência e grave ameaça para  expulsar os seguranças contratados pelo proprietário da terra.

A área da Fazenda Nossa Senhora de Fátima, na região do projeto Assentamento Piracicaba, a cerca de 6 km da área urbana de Confresa, é alvo de briga judicial e já houve decisão da Justiça  favorável ao dono dos lotes. Porém, os grileiros cortaram o cadeado da porteira da fazenda e invadiram o local usando inchadas, foices entre outros materiais.

Diante dos fatos, os investigadores efetuaram a prisão dos doze acusados que foram conduzidos a Delegacia de Confresa e interrogados. “Entre os envolvidos, três são considerados como lideranças no conflito de terras e já eram investigados pela Polícia Civil", disse o delegado André Rigonato. "As diligências continuam para prender pessoas que estão agindo fora da lei", completou o delegado. 

Os 12 suspeitos foram levados à Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, à disposição da Justiça.

 

 

PJC-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário