30/05/2016 - Namorado de Suzane von Richthofen diz que perdeu emprego e amigos

30/05/2016 - Namorado de Suzane von Richthofen diz que perdeu emprego e amigos

Rogério Olberg, novo namorado de Suzane von Richthofen, disse em entrevista exibida na tarde deste domingo (29) que perdeu emprego e amigos e que tem sido hostilizado nas redes sociais após ter assumido o seu relacionamento com a detenta, famosa no Brasil inteiro por ter planejado a morte dos próprios pais em outubro de 2002.

 

Olberg tem 37 anos e vive em Angatuba, cidade de 21 mil habitantes localizada no interior de São Paulo. É para lá que Suzane vai quando obtém direito de deixar a penitenciária feminina do Tremembé (SP), onde cumpre pena.

 

"Estou passando por uma situação complicada. Devido a isso tudo, eu perdi o meu emprego, muitos amigos sumiram e estou sendo hostilizado nas redes sociais", reclamou ele, em entrevista concedida ao programa "Domingo Show", da TV Record.

 

"Agora sou o namorado de Suzane. É como se eu tivesse perdido a minha identidade. Eu já não tenho privacidade, falam que eu sou louco, psicopata, me xingam. Eu sempre procurei ser o melhor. Eu não sei como vai ser o dia de amanhã, ninguém vai querer dar emprego ao namorado da Suzane.", completou.

 

Olberg explicou que os dois se comunicaram pela primeira vez através de correspondências há sete meses, mas que decidiram assumir o namoro há pouco mais de 4 meses. "Eu sou amigo e namorado. Começou com a amizade e hoje sou o namorado dela. Estou gostando dela. Foi acontecendo naturalmente até chegar ao ponto que chegou hoje", declarou.

 

"[No primeiro encontro], tivemos assunto para mais de 8 horas. E eu saí de lá [da prisão] com a certeza que poderia dar certo", contou. "É o sonho dela constituir família, ter casa e filhos. Ela gosta muito de crianças. E, sim, eu me vejo casado com a Suzane", disse.

 

Suzane e Olberg se conheceram através da irmã dele, Josiely Olberg, uma evangélica que faz trabalho social na penitenciária feminina do Tremembé. "Para mim, [o namoro deles] foi uma alegria muito grande, porque eu sabia que ela era uma pessoa meiga. A quero na minha família", disse Josiely. "Eu notei nela uma pessoa extremamente carente, que precisa de afeto, de uma nova chance", decretou.

 

Antes de conhecer Olberg, Suzane foi casada com Sandra Regina Ruiz Gomes, conhecida como 'Sandrão', condenada a 27 anos pelo sequestro e morte de um adolescente em Mogi das Cruzes.

 

O casal chegou a partilhar uma cela destinada a casais na penitenciária de Tremembé. Em fevereiro do ano passado, Sandrão conseguiu a progressão para o regime semiaberto e foi transferida para uma unidade de São José dos Campos. O casal se separou.

 

Perfil de Rogério Olberg

 

Evangélico e com 37 anos de idade, Olberg mantém uma página no Facebook sem foto pessoal e com poucas informações. Até então, levava uma vida discreta quando estava na cidade. Ele é mais conhecido pelo período em que participava de equipes esportivas da Polenghi.

 

Segundo os conhecidos, o rapaz morava em Itapeva e, depois que saiu da empresa, trabalhou alguns meses na sorveteria de um amigo, em Angatuba.

 

Uma outra irmã sua está presa na mesma penitenciária de Suzane von Richthofen.

 

Crime

 

Suzane von Richthofen foi condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, Manfred e Marísa von Richthofen, no início dos anos 2000. Ela teve ajuda do ex-namorado Daniel Cravinhos e do irmão dele, Christian.

 

Segundo a acusação, as mortes foram planejadas por Suzane e executadas pelos irmãos, que bateram no casal com barras de ferro e madeira enquanto eles dormiam em casa.

 

Os irmãos Cravinhos estão no regime semiaberto desde 2013 --nesse regime, os presos têm direito a cinco saídas ao ano, Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e no final do ano, durante o Natal e o Ano-Novo. 

 

Suzane havia recebido a autorização da Justiça, com o aval do Ministério Público, para passar o Dia das Mães fora da cadeia, mas deu um endereço falso para conseguir sair da penitenciária feminina do Tremenbé (SP). A denúncia foi feita pela TV Globo.

 

A juíza da Vara de Execuções Criminais, Wania Regina Gonçalves da Cunha, então, decidiu suspender o benefício do regime semiaberto e colocá-la também numa cela isolada. A juíza entendeu que von Richthofen cometeu uma infração grave.

 

 

 

 

Do UOL

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário