30/06/2016 - Escrivães encerram greve e serviços voltam a funcionar normalmente nesta quarta-feira

30/06/2016 - Escrivães encerram greve e serviços voltam a funcionar normalmente nesta quarta-feira

Os escrivães de Polícia Judiciária Civil decidiram pelo encerramento da greve nesta terça-feira (28.06). A partir desta quarta-feira (29.06), com a volta de 100% dos servidores, os serviços voltarão a funcionar normalmente, e não apenas de forma essencial como vinha ocorrendo em estado de greve. No dia 03 de junho, o desembargador Alberto Ferreira de Souza considerou ilegal as greves de todas as carreiras da Secretaria de Estado de Segurança Pública, sob pena de multa diária de R$ 100 mil e corte de ponto dos servidores.

O presidente do Sindicato dos Escrivães da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, Davi Nogueira, explicou que o motivo do encerramento da greve é o fato da Segurança Pública ser um serviço essencial para a sociedade. “Estamos encerrando a greve para não penalizarmos mais ainda a população em relação a segurança, mas isso não significa que concordamos com a proposta do governo. Nós iremos reivindicar nossos direitos por outros meios”, declarou.

O secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, agradeceu a categoria e destacou a importância dos escrivães para a Segurança Pública e especialmente para a sociedade. “Agradeço a sensibilização da categoria nesse momento difícil para o país. A Segurança Pública é um serviço essencial para a sociedade e é muito importante que esteja em pleno funcionamento. Os escrivães exerceram o direito constitucional de greve, mas atendeu ao chamamento do governo para proteger a população”.

 

 

Redação | Gcom-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário