30/08/2012 - Cb Nogueira vai ao Jornal da Band tentar explicar sua ação violenta.

 

Visivelmente nervoso, talvez por ter percebido o mal que está causando à campanha de sua irmã, o policial militar tenta desvencilhar querendo se fazer de vítima. Numa tentativa embaraçosa alegando atraso nas denuncias e parentescos inexistentes, como se isso os eximissem da culpa e justificasse sua ação brutal. 
 
Denunciado na Policia Militar, na Policia Civil e na Promotoria Eleitoral, os fatos serão esclarecidos.
Equivocado, o policial infrator, tenta atribuir à vitima a obrigação de provar o que aconteceu, porém,  contra fatos não há argumentos, várias pessoas presenciaram o ocorrido e já se prontificaram a testemunhar a favor da verdade, inclusive pessoas que “batiam bandeira” diante do palanque, mas, que por ser cidadãos de bem discordam da violência cometida.
 
Acreditamos piamente no serviço de inteligência da Policia Militar, na investigação da Policia Civil e no rigor da Promotoria de Justiça, para que justiça seja feita.  
É necessário que a população de Pontal do Araguaia, esteja atenta às atitudes deste grupo, para não se arrepender tarde demais.
Aliados à falsidade, a mentira e a perseguição esse grupo tem demonstrado ao longo da trajetória política a maldade que são capazes de fazer às pessoas que contrariam seus interesses.
 
Foi assim com o prefeito Gerson Rosa que os acolheu durante sete anos e meios em sua administração, tidos como parceiros e aliados e quando decidiu apoiar outra candidatura virou alvo de falácias, injurias e difamação. Está sendo assim, com o nosso site que publicou tantas matérias de interesse dessa gente e agora por ter publicado uma única matéria que desagradou seus interesses (Baiano Filho um Belo Exemplo de Infidelidade Partidária) está sendo execrado, ameaçado e perseguido. Será assim, com você morador de Pontal do Araguaia, que hoje caminha ao lado dessa gente, que se chegarem ao poder, com certeza irão virar as costas para tantos que os ajudaram a chegar e perseguirão aqueles que se posicionarem contra seus interesses.
 
É lamentável que um agente público, que tem por atribuição garantir a segurança e tranqüilidade da população, utilize de suas prerrogativas para espalhar a violência e o terror, numa clara demonstração de despreparo e desequilíbrio.
 
Seria inteligente por parte da coordenação de campanha do referido grupo, pagar pelo equipamento danificado e subtraído pelo cabo PM, reconhecer o direito à liberdade de imprensa e pedir desculpas aos moradores de Pontal do Araguaia por esta atitude vergonhosa, desnecessária e antidemocrática.
Veja os documentos protocolados:
 
    
Texto: Profº “KK”
Fonte: www.pontaldoaraguaianews.com

Galeria de Fotos:

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário