30/08/2012 - Chefe de Ciretran é preso por suspeita de coagir testemunha

 

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (29) o chefe do 8ª Ciretran da cidade de Barra do Bugres (169 quilômetros de Cuiabá), por suspeita de cobrar propina para liberação de uma moto e por coagir uma testemunha. Jonas Manoel de Souza, conhecido como Joaninha, foi detido em frente ao estabelecimento comercial do qual é proprietário. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela juíza Joseane Carla Ribeiro Quinto Viana, da Comarca do município.

O chefe da Ciretran vinha sendo investigado pela Polícia há alguns meses. Durante a coleta de provas foi apurado que no dia 27 de maio uma motocicleta foi apreendida com o menor de idade A. L. M. apresentando diversas irregularidades, entre elas licenciamento atrasado e falta de lanternas. No dia 26 de julho a moto foi apreendida novamente com o menor e apresentando as mesmas irregularidades. Ao ser questionado como conseguiu o veículo de volta, disse que pagou R$ 200 ao chefe da Ciretran. 
 
Ao prestar depoimento na Delegacia de Polícia, no dia 23 de agosto, o menor se apresentou nervoso e amedrontado e confessou a delegada Luciani Barros que estava com medo porque estava sendo procurado por Jonas e temia que acontecesse algo com ele ou sua família.
 
Joaninha também é acusado de ameaçar o policial Djalma Carmo de Campos , quando o mesmo apreendeu uma moto, e pela liberação de um veículo apreendido em poder de um ex-vereador.
 
A corregedoria do Departamento Nacional de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) informou que Jonas não responde a nenhum processo administrativo. No entanto, um procedimento disciplinar pode ser aberto para apuração deste fato.
 
Redação 24 Horas News 
com Barra do Bugre News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário