30/10/2014 - Mulher com câncer terminal que agendou para morrer neste sábado faz turismo na véspera

A americana Brittany Maynard, que tem câncer em estado terminal e anunciou que dará fim à sua vida, visitou o Grand Canyon a poucos dias de sua morte, que está programada para o dia 1º de novembro.


Maynard, de 29 anos, foi parque nacional no estado de Arizona com sua mãe, padrasto e marido. "Um dia lindo com minha fmaília amada em uma das maravilhas naturais mais fabulosas do mundo. Muits momentos que me tiraram o fôlego em um lindo passeio de helicóptero", disse Maynard em uma rede social


A história de Maynard tem chamado a atenção dos norte-americanos. A californiana decidiu se mudar de São Francisco para o Oregon, porque esse estado norte-americano permite o suicídio assistido para pacientes terminais, e está dedicando suas últimas semanas de vida a uma campanha para que outros que se veem diante de uma morte iminente possam usufruir do mesmo direito.

 

Um vídeo de seis minutos de Brittany Maynard explicando sua escolha foi publicado no YouTube no começo deste mês e desde então foi visto mais de 8,8 milhões de vezes.

Maynard foi diagnosticada em janeiro com um glioblastoma, um tumor no cérebro, e mais tarde ouviu dos médicos que só teria seis meses de vida.


"Depois de meses de pesquisas, minha família e eu chegamos a uma conclusão dolorosa: não existe um tratamento que possa salvar minha vida, e os tratamentos que me foram recomendados destruiriam o tempo que me resta", ela disse em um artigo que escreveu para o site da emissora CNN.


“Irei morrer no andar de cima, no quarto que divido com meu marido, com ele e minha mãe ao meu lado, e falecer pacificamente com música que eu gosto no fundo”, declarou Maynard no vídeo.


A filmagem mostra imagens do casamento e das caminhadas de Maynard e entrevistas com sua mãe e seu marido.


Maynard planeja tomar um medicamento obtido com receita médica para tirar a vida quando sua dor se tornar insuportável, de acordo com o grupo pró-eutanásia Compassion & Choices (Compaixão e Escolhas).


Em 1997, o Oregon se tornou o primeiro estado norte-americano a permitir o suicídio assistido para pacientes em estado terminal. Washington, Montana, Vermont e o Novo México seguiram o exemplo desde então e são os outros quatro dos cinco únicos Estados dos EUA que autorizam o procedimento.


Maynard está arrecadando fundos através da Compassion & Choices para defender o suicídio assistido como uma opção para pacientes terminais como ela, um ato que difere das opções mais discretas que muitos outros em sua posição escolhem.

 

 

 

G1

 

Comentários

Data: 31/10/2014

De: SOLUÇÃO

Assunto: LIBERTAÇÃO

PRA VOCÊ AINDA TEM JEITO QUANDO AINDA ESTA COM FOLEGO DE VIDA DEPOIS DA MORTE NÃO TEM MAIS JEITO

EU QUEIRO TE APRESENTA A QUELE PODE TI LIBERTA OU SEJA TI CURA AS MEDICINAS NÃO PODEM MAS AQUELE QUE PERTENCE A VIDA ELE PODE NÃO DE FIM A SUA VIDA!


JESUS SALVA LIBERTA CURA TODO TIPO DE DE DOENÇA NÃO HÁ NADA IMPOSSÍVEL PRA ELE


ESPERO QUE ESSA MENSAGEM CHEGUE ATE VOCÊ

Novo comentário