30/10/2015 - Acordo levará aos EUA vacina de Cuba contra câncer de pulmão

Havana - O Centro de Imunologia Molecular de Cuba e o Instituto Roswell Park contra o Câncer de Nova York assinaram nesta terça-feira um acordo para exportar aos Estados Unidos uma vacina terapêutica contra o câncer de pulmão desenvolvida na ilha, para o que começarão em breve os testes clínicos.

"A assinatura do acordo nos permite colocar o foco nos testes clínicos da vacina assim que chegarmos a Nova York", anunciou hoje em entrevista coletiva no aeroporto de Havana a diretora do Instituto Roswell Park, Candance Johnson.

Johnson integra uma delegação comercial do estado de Nova York, liderada por seu governador, Andrew Cuomo, que realizou uma visita de pouco mais de 24 horas à ilha para explorar opções de negócio, além de fomentar intercâmbios no âmbito educativo e de pesquisa.

"Estamos muito emocionados de poder levar a vacina aos EUA e tratar pacientes. Isto não teria sido possível sem esta missão comercial, que facilitou a rubrica do acordo tête-à-tête", ressaltou a diretora desse centro de referência mundial na pesquisa contra o câncer, antes de partir para Nova York.

Trata-se da vacina terapêutica contra o câncer de pulmão CIMAVax-EGF, criada por Cuba em 2011 após 15 anos de pesquisa, com direito de patente no mundo todo.

A vacina está registrada em Cuba e Peru, mas países como Brasil, Argentina e Colômbia estão em trâmites para sua inscrição, e outros como o Reino Unido e Austrália já realizaram testes clínicos com ela.  

 

 

Da EFE

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário