30/10/2015 - Maluf pagará URV só por ordem judicial

Após a decisão do juiz da 5ª Vara de Fazenda Pública, Roberto Seror, que obriga a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa a pagar a Unidade Real de Valor (URV) dos servidores públicos do Legislativo, o presidente da AL, deputado Guilherme Maluf (PSDB), irá cumprir a decisão assim que ser notificado.

Ao todo, são 574 servidores que reivindicam o direito, sendo 282 ativos, 219 aposentados e 73 pensionistas.

O pagamento da URV foi suspensão no mês de julho, após o Ministério Público Estadual (PME) pedir análise dos nomes, alegando suspeitas de fraudes. Ao atender pedido do MP, a Assembleia encaminhou o processo para auditoria no Tribunal de Contas do Estado (TCE), que atestou em relatório parcial para a liberação dos valores a 252 servidores.

Mas a procuradoria da AL constatou duplicidade de nomes e 26 servidores não teriam direito ao recebimento da URV, que foi suspenso novamente. 

"Quando for intimado vou cumprir a decisão e pagar aqueles que a justiça mandar. Só não poderei dizer quantos estão aptos a receber, porque a procuradoria da Assembleia constatou um determinado número e existem outros funcionários pleiteando".

A URV começou a ser paga em fevereiro deste ano. O valor para quitar do débito é de quase R$ 80 milhões e os servidores receberiam este valor dividido em 25 vezes. 

 

 

Fernanda Leite, especial para o GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário