31/01/2013 - Na BR-158, a história se repete: buracos e serviços mal feito

A BR-158, trecho entre as cidades de Água Boa e Canarana está enchendo de buracos, novamente. Essa situação virou rotina, principalmente por ser essa a única artéria asfaltada que cruza o Araguaia. Todo o transporte de cargas e de passageiros passa necessariamente por essa rodovia. 
 
Construída há muitos anos, a rodovia carece hoje de um bom acostamento, a sinalização não existe, e os buracos se multiplicam. Para piorar, há dois meses, esse trecho da rodovia foi totalmente recuperado - ou deveria ter sido. 
 
A região teve sorte de que em dezembro não foram registradas chuvas fortes, caso contrário, o asfalto estaria em pior estado. 
 
Outro fator negativo é que a BR-158 não conta com acostamento em muitos trechos, o que poderia minimizar o número de acidentes fatais. Há trechos em que o acostamento até existe, mas o desnível entre a pista de rolamento e o acostamento chega a ser de meio metro, tornando qualquer manobra um verdadeiro perigo. 
 
O Departamento Nacional de Infraestrutura  Terrestre (DNIT)  em Mato Grosso evita comentar o assunto, além do que, parece que os técnicos sequer fiscalizaram o tipo de material e a obra de recuperação realizada recentemente. Para os usuários, isso demonstra desrespeito com a população sem falar no flagrante descaso com o dinheiro público. 
 
 “A recuperação da rodovia é anunciada quase que anualmente. As empreiteiras embolsam o dinheiro, mas a situação caótica se repete ano após ano” – disse um usuário.
 
 
Rádio Interativa FM

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário