31/01/2015 - Protesto de índios em rodovia de MT gera congestionamento quilométrico

31/01/2015 - Protesto de índios em rodovia de MT gera congestionamento quilométrico

O bloqueio da BR-163 por um grupo de indígenas da etnia Terena, em Itaúba, a 599 km de Cuiabá, passou de 20 quilômetros nesta sexta-feira (27), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante a manhã, houve uma reunião entre representantes dos índios e o superintendente da PRF. Ficou acordado, de acordo com a PRF, que quase todas as reivindicações já estão sendo atendidas pelo governo federal.

G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, porém, até a publicação desta matéria não obteve resposta acerca da pauta de reinvidicações dos indígenas.

Com a interdição, os motoristas estão impedidos de trafegar por esse trecho da rodovia. Os índios estão com flechas e escudos indígenas. Segundo a PRF, a situação é tensa, mas ainda não foi cogitada a utilização de força de choque. A polícia informou que busca o diálogo para um desfecho pacífico.

Os indígenas fecharam a rodovia para cobrar mais investimentos na área da saúde e melhores condições nas aldeias, localizadas no município de Colíder, a 648 km de Cuiabá. Dentre as reivindicações estão a falta de remédios, profissionais de saúde e de combustível para carros, barcos e avião. Eles também cobram a continuidade de obras de postos de saúde.

 

 

Escrito por G1/MT

Comentários

Data: 02/02/2015

De: O povo de Mato Grosso

Assunto: Indios

Não quero dizer que os Índios estão certos más aí está a prova mais uma vez da incompetência e o descaso da Funai para com os mesmos. Eles estão cobrando apenas condições de vida, mais remédio, melhoria no transporte, construção de posto de saúde coisa simples comparando com outras coisas, portanto não falou-se em ampliação de terras. E é isso que na verdade todas as Etnias querem qualidade de vida, e ela Funai deixa chegar a esse ponto de ter que fechar rodovias para chamar atenção do governo, é uma Vergonha!!!!

Novo comentário