31/03/2012 Autor de latrocínio em Alto Boa Vista era foragido da Justiça

Dois homens e uma mulher foram presos pelos investigadores da Delegacia Municipal de Alto Boa Vista (1.059 km a nordeste de Cuiabá), da Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (29.03). Os suspeitos, José Martiniano Pereira Filho, conhecido por “Betão”, Nilson Pereira de Sousa, conhecido como “Borracheiro” e Tânia Pinto Borges são acusados de latrocínio. O primeiro era foragido da Justiça do Estado do Pará.
Todos tiveram  mandado de prisão preventiva requerido pelo delegado Wilyney Santana Borges e decretado pelo Juízo da Comarca de São Félix do Araguaia.
Conforme informações apuradas pela Polícia Civil, o latrocínio ocorreu na noite do dia 15 de março deste ano, em um posto de combustível. A vítima, João Alves Pedrosa, era proprietária do posto e seu corpo foi localizado no dia seguinte em um quarto anexo ao posto de gasolina, com várias perfurações de  arma branca pelo corpo.
De acordo com a Polícia, o local estava revirado aparentando ter havido luta corporal. Alguns objetos, cigarros e bebidas foram levados, pois o quarto onde a vítima dormia também funcionava como depósito da cantina do posto.
A Polícia Civil descobriu que um dos presos, José Martiniano, é foragido da cadeia pública da cidade de Santana do Araguaia, Estado do Pará, desde o ano de 2008, onde cumpria pena por crime de homicídio qualificado. Ele estava utilizando o nome falso de José Pereira Brito.
Após a elucidação e identificação do latrocínio, os três tiveram a prisão preventiva decretada na conclusão do inquérito policial.
Os presos foram  encaminhados para a Cadeia Pública de São Félix do Araguaia, à disposição da Justiça. Participaram das prisões os investigadores de polícia Messias, Rubens, Ferreira, Ivanês e Adão.
 
O Crime
 


    João Alves Pedroso foi morto com 10 facadas

No último dia 06 de fevereiro ele foi detido por receptação de veículos e respondia o processo em liberdade.
João Alves Pedrosa ou “Senhor Pedrosa” de 64 anos como era conhecido foi morto a facadas nesta madrugada de sexta-feira (16) no município de Alto Boa Vista a 130 km de Confresa.
Segundo informações Pedrosa que é proprietário de um posto de combustível na cidade teria sido morto com dez facadas,  o crime intriga a população pelo grau de violência com que aconteceu o assassinato.
Pedrosa tinha sido preso no último dia 06 de fevereiro por receptação de veículos e estava respondendo o processo em liberdade. Ele morava em um quarto que tinha no posto de combustível, o crime ainda é um mistério na cidade não seu sabe o motivo e nem o paradeiro do criminoso.

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Data: 01/04/2012

De: vida

Assunto: parabens pelo trabalhor

se todos delegados fosse assim mudaria os badidos matam por quaze nada hoje as pessoas nao tem mas amor no proximo parabens delegado continuam assim

Data: 31/03/2012

De: EU

Assunto: parabens

parabens pra esse delegado que vei desvendado crimes e pondo os criminosos na cadeia essa e a resposta que a população que muitobem dotor.

Data: 31/03/2012

De: Notorio

Assunto: Re:parabens

Parabens ao Delegado ao Juiz, que por outras vezes trabalharam com cautela e obediemcia aos ditames da lei e colocaram criminosos na cadeia, porem a verdade vus digo se tiverem dinheiro logo sairão como aconteceu com o crime do Prefeito 4 olho, imdiguinamdo a sociedade e frustamdo o trabalho desempenhado pelas autoridades locais, é lamentavel.

Novo comentário