31/03/2012 - Papiloscopista não tem CNH e documentos de S10 estão atrasados

 

O papiloscopista Fabrício Francisco Costa Leite, envolvido em um tiroteio com um policial federal na noite da última segunda-feira (26), além de não possuir porte de arma de fogo, conforme já havia sido divulgado, também não teria Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a caminhonete que conduzia no dia da discussão consta com a documentação atrasada, segundo informaram fontes oficiais ao Olhar Direto. 
 
Alguns levantamentos encaminhados ao Olhar Direto comprovam que Fabrício não é habilitado e, por isso, não poderia estar conduzindo a caminhonete S10. O veículo, por sua vez, seria de sua irmã e consta com um débito de quase R$ 4 mil referentes ao IPVA registrado no Departamento de Transito (Detran).
 
O papiloscopista protagonizou uma troca de tiros com o policial federal Walter Sebastião Piovan Júnior na noite do dia 26, na Avenida do CPA, após um desentendimento de trânsito. A própria Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) confirmou que ele não possuía porte de arma.
 
A troca de tiros que ocorreu em frente à Superintendência da Polícia Federal na Avenida do CPA foi consequência de uma discussão que teve início perto de um sinaleiro da Avenida Mato Grosso. 
 
Ao todo, foram disparados 14 tiros, sendo oito da arma de Walter e seis do revólver de Fabrício. Ambos foram presos em flagrante e liberados após o pagamento da fiança.
 
O delegado da Polícia Civil Laudeval Freitas, que investiga o caso como tentativa de homicídio, informou, por meio de assessoria de imprensa, que não constam dos autos informações segundo as quais o papiloscopista não possui CNH e de que a caminhonete estava com documentação vencida. 
 
Ele frisou ainda que essas verificações deveriam ter sido realizadas no local do fato pela própria perícia.
 
 
Da Redação - Julia Munhoz

Comentários

Data: 03/04/2012

De: ILHA DO BANANAL

Assunto: RIO ARAGUAIA-MT

Isso é o nosso brasil DONA DILMA PRESIDETE, O camarada troca tiro com a POLICIA FEDERAL, a policia prende o bandido e depois ele paga fiança e esta liberado,,,,,,esse camarada ai teria que ficar preso no minimo 90 dias,,,,,Por que, quem parta arma de fogo é a policia,,ele não é policia,,,,ele sim é um bandido, por que enfrentou a POLICIA FEDERAL ou seja, trocou tiro com policia,,,,ele deveria esta é no presidio de segurança maxima por que ele é perigoso e lugar de bandido é na cadeiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa,,,,,,,,,,,,,,

Novo comentário