31/03/2016 - Do setor produtivo, Fávaro cobrará rigorosidade em leis ambientais de MT

31/03/2016 - Do setor produtivo, Fávaro cobrará rigorosidade em leis ambientais de MT

Secretário interino de Meio Ambiente do Estado, o vice-governador Carlos Fávaro (PSD) assumiu o lugar da promotora Ana Luiza Peterlini, que voltou ao cargo no Ministério Público Estadual (MPE), disse que não irá poupar o setor produtivo, caso, haja violação as leis ambientais.

Em entrevista na manhã desta quarta-feira (30), o secretário interino comentou que dará continuidade aos trabalhos já estão em andamento na pasta.

“Quem pensa que vou deixar que a aconteçam de forma irresponsável vai tomar um revés. Vamos continuar o monitoramento de forma dura. Daremos continuidade ao trabalho da secretária Ana Peterlini”, comentou o vice-governador.

Ele descartou assumir a secretaria em definitivo. "Ficarei o tempo que for necessário, mas não ficarei permanente. O governador irá escolher um perfil de quem tem produção e sustentabilidade. Mato Grosso vive um momento em pensamos que o meio ambiente não tem que ser somente para hoje, mas para o futuro", analisou.

O vice-governador comentou que neste momento estaria dedicando tempo maior na Secretaria de Meio Ambiente. "Estou todos os dias na Sema, e pouco tempo na vice, o meio ambiente é prioridade agora", explicou.

Algumas das metas que estão em andamento na pasta é com relação ao desmatamento ilegal, onde a previsão é acabar com a derrubada de árvores até 2020, além da criação de um novo modelo de desenvolvimento que em 15 anos incentive o aumento de produção aliado a conservação florestal, inclusão socioeconômica da agricultura familiar e de populações tradicionais.

 

 

Fernanda Leite, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário