31/03/2016 - Membro da comissão especial, Valtenir diz que ainda não encontrou motivo para impeachment de Dilma

31/03/2016 - Membro da comissão especial, Valtenir diz que ainda não encontrou motivo para impeachment de Dilma

O deputado federal Valtenir Pereira (PMDB) afirmou que está analisando os detalhes do processo, mas ainda não encontrou motivo para o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). O parlamentar é um dos representantes de Mato Grosso na comissão especial de impeachment, ao lado de Nilson Leitão (PSDB), que é abertamente favorável à saída da presidente do cargo. No total, 65 deputados federais compõem a comissão.
 
“Estamos tentando encaixar as pedaladas na Lei nº 1.079/50, que define os crimes de responsabilidade, e está difícil. Estou olhando a lei e as jurisprudências e ainda não encontrei hipótese de impeachment. Antes de tudo, temos que verificar se as pedaladas, se gastar mais que o orçamento, é causa de impeachment. Porque esse recurso gasto a mais foi para programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida. Mas ainda não tenho minha decisão tomada. Vou avaliar até o final do processo”, disse Valtenir ao Olhar Direto.

O deputado chegou a ser alvo do Movimento Muda Brasil, que instalou outdoors pelas ruas de Cuiabá convocando deputados governistas a se posicionarem a favor do impeachment. As imagens trazem, além dele, os deputados federais Ságuas Moraes (PT) e Carlos Bezerra (PMDB), além do senador Wellington Fagundes (PR) com a pergunta: “Porque são contra o impeachment??????”.

Valtenir garantiu não se incomodar com a manifestação. “É natural essa pressão em questões políticas como essa. Eles querem obrigar a gente a decidir no grito. Mas não vou ceder à pressão, vou avaliar o processo tecnicamente, do ponto de vista jurídico”, afirmou o deputado, que é defensor público.

Por outro lado, ele defendeu que o processo seja concluído logo, para pôr fim à crise política e econômica que assola o Brasil. “Quando definirmos se terá ou não impeachment, as coisas começarão a se resolver. É até um crime o que estão fazendo com o Brasil, estrangulando a economia para tirar o governo. Tem que tirar o governo nas urnas, e não fazer esse 3º turno no Congresso. Já que a oposição não venceu em 2014, que esperasse até 2018 para tirar o atual governo no voto”, argumentou. 

 

 

 

Da Redação - Laíse Lucatelli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário