31/07/2012 - Funcionário ajuda quadrilha a furtar máquinas agrícolas em Cuiabá

 

De acordo com a polícia, máquinas seriam revendidas por R$ 200 mil.
Um dos suspeitos preso era funcionário de empresa.

 

A Polícia Civil prendeu uma quadrilha suspeita de furtar duas máquinas agrícolas novas de uma empresa, localizada na BR-364, no Distrito Industrial, em Cuiabá, neste domingo (29). Os presos foram autuados pelos crimes de furto qualificado e formação de quadrilha.

A partir de uma denúncia, os investigadores iniciaram diligências para apurar o furto de duas pás escavadeiras que foram furtadas na tarde do sábado (28). Conforme a polícia, as máquinas foram  furtadas por quatro pessoas e escondidas em uma propriedade rural, nas proximidades da comunidade Rio dos Peixes.

Os suspeitos foram presos em um posto de combustível, na BR-364, km 18, na região do Coxipó, quando  aguardavam pagamento da venda das máquinas. Segundo a polícia, as máquinas estão avaliadas em R$ 300 mil, mas seriam revendidas pelo valor de R$ 200 mil. A divisão do lucro, seria de R$ 50 mil para cada um.

De acordo com a polícia, um dos suspeitos era empregado da empresa e teria se aproveitado da condição de funcionário para planejar e executar o furto juntamente com os comparsas. Um deles havia saído da prisão um dia antes do assalto.

Durante a abordagem policial, foi encontrado no bolso de um dos suspeitos o cadeado do portão da empresa. Ao serem indagados sobre o suposto furto, todos negaram. Porém, os investigadores de polícia foram até a fazenda e prenderam o quarto envolvido, que fazia a segurança das máquinas.

Na fazenda, a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) localizou as máquinas escondidas próximas a um tanque de peixes. O dono da propriedade rural, que é idoso e está adoentado, informou que o suspeito que escondia as máquinas é um conhecido da família e lhe pediu para embarcá-las no local.

Os quatro presos foram encaminhados à Delegacia Especializada. Em interrogatório,o funcionário da empresa confessou a prática do crime, relatando que aproveitou da facilidade de trabalhar na empresa , na função de auxiliar de mecânico, para praticar o crime. Ele disse à polícia que escondeu as chaves das máquinas e fez cópia da chave do cadeado do portão. No mesmo dia do furto, dois suspeitos foram até o local e levaram as duas pás escavadeiras até fazenda, onde ficariam escondidas até a revenda.

A Polícia Civil identificou, ainda, que dois deles haviam planejamento o crime, e deram todo o suporte logístico para o recebimento das máquinas na fazenda.  Após a transação, os acusados retornaram à cidade em um veículo do suspeito responsável pela segurança das máquinas agrícolas. O gerente da empresa esteve na fazenda e reconheceu as máquinas.

Do G1 MT

Comentários

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário