31/07/2012 Manifesto dos servidores federais na Funasa em Cuiabá

Na terça-feira, 31 de julho, a porta da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) será cenário para mais uma mobilização da classe trabalhadora. O Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Mato Grosso (Sindsep-MT) junto com os servidores do Ministério da Saúde, INCRA, ANVISA, Funasa, DNPM estarão reunidos a partir de 8h para dizer ao Governo de Dilma Roussef que não estão satisfeitos em serem ignorados. A categoria tenta a negociação na Campanha Salarial 2012 e teve as reuniões desmarcadas pelo Ministério do Planejamento.

O sentimento da categoria é que não haverá nenhum tipo de reajustes salarial e nem de benefícios para 2013. Além disso, o Governo fixa o serviço público nas amarras políticas dos cargos de indicação e fragiliza todo o funcionamento das Pastas em recorrentes escândalos de corrupção. Essa falta de Plano de Carreiras e terceirização dos trabalhos que eram para serem ocupados por concursados estão na lista de combate dos trabalhadores. A greve dos servidores da base da Confederação Nacional do Serviço Público Federal (Condsef) acontece nacionalmente desde o dia 18 de junho.

Legenda da foto: Na segunda-feira, 30 de julho, servidores da Superintendência da Fundação Nacional de Saúde se mobilizaram por melhores condições de trabalho e salário digno

 

 

Contato para entrevista: Marinésio Soares, secretário de Comunicação do Sindsep-MT, (65) 8451-5822 ou Roosevel Motta, presidente do Sindsep-MT: (65) 8411-9524

 

 Carlinhos da Funasa: (65) 9968-4677

Assessoria de imprensa: Thaís Raeli (21) 80583771 - Tim

 

Comentários

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário