01/08/2015 - População participa da Audiência Pública realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso em São Félix do Araguaia

01/08/2015 - População participa da Audiência Pública realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso em São Félix do Araguaia

A Secretaria de Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso, realizou nesta quinta-feira, dia 30/07, no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de São Félix do Araguaia – MT, uma audiência pública com o Tema: ”FOGO, QUEIMADAS E DEMANDAS AMBIENTAIS”. Dados do satélite de referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que São Félix do Araguaia é um dos municípios que estão no topo do ranking de queimadas nos últimos cinco anos.

O evento promoveu o diálogo entre os representantes do governo com a população e o setor produtivo da região. Esta foi à quarta audiência pública organizada este ano pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). A primeira ocorreu em Colniza, à segunda em Feliz Natal e a terceira em Juara - entre os meses de junho e julho. A proposta foi discutir junto com a população, o poder público e o setor produtivo da região ações para minimizar os índices de desmatamento e também formas de prevenção às queimadas.

O prefeito de São Félix do Araguaia, Baú declarou parceria com Secretaria de Meio Ambiente e assinou o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), com o objetivo de atuar no combate às práticas ilegais contra o meio ambiente no município. Baú idealizou a criação de um consórcio com participação dos municípios da micro-região, onde facilitaria para todos os prefeitos.

  

A secretária de Estado de Meio Ambiente Ana Luiza Peterlini, que conduziu os trabalhos em São Félix do Araguaia, destacou a importância do Governo do Estado mostrar aos municípios que 'está presente' e que enxerga o que está acontecendo no interior. Em seguida os microfones foram abertos para que a população pudesse se manifestar e apresentar dúvidas quanto às ações desenvolvidas pela SEMA. A Secretária frisou ainda que hoje é possível acompanhar todos os focos de calor e desmatamento dos municípios do interior online via satélite e quem foi flagrado será responsabilizado e responderá pelos seus atos. Quase todos os questionamentos resumiram-se especialmente quanto à demora na emissão de documentos e aprovação de projetos de manejo, bem como a ineficiência da secretaria em atender a demanda do setor produtivo, especialmente o setor madeireiro e os produtores agrícolas.

Entre os palestrantes estão: o tenente coronel do Corpo de Bombeiros, que é o secretário-executivo do Comitê do Fogo, Hector Péricles de Castro, e explanou sobre os danos que o uso do fogo provoca ao meio ambiente e à saúde humana; o superintendente de Geoinformação e Monitoramento Ambiental da Sema, Gabriel Vitorelli, que apresentou os dados sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR) na região e como a inscrição pode ser feita; e um representante da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) mostrando  alternativas de prevenção ao fogo para a agricultura familiar.

 

Queimadas - Com exceção de 2014, a estatística deste ano aponta aumento nos focos de calor entre 15% e 50% em relação aos anos de 2013, 2012 e 2011. Em 2013 foram 4,9 mil focos, enquanto que 2015 registrou 6,3 mil –21% a mais. Se comparado a 2012 e 2011, o percentual foi respectivamente 14% e 48% maior. Este ano estão no topo do ranking de focos de queimada: Nova Maringá (352), Feliz Natal (221), São Félix do Araguaia (218), Querência (204), Santa Carmem (203), Gaúcha do Norte (190), Nova Ubiratã (184), Brasnorte (184), Sapezal (175) e Paranatinga (167.

 

Durante o evento, Eduardo Moura (PPS) Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional de Mato Grosso;  entregou as chaves das duas viaturas (caminhonetes Mitsubishi L200 Triton), a 2ª CIA de São Félix do Araguaia, doada pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

 

O evento contou com a participação da secretária de Meio Ambiente, Ana Luiza Peterlini; do prefeito de São Félix do Araguaia, José Antônio de Almeida; presidente da Câmara, Silvio Bento Leal; Secretário do Meio Ambiente de São Félix do Araguaia; Roberto Biondo, Deputado Estadual; Baiano Filho (PMDB), Promotor de Justiça de São Félix do Araguaia; Lizandro Alberto Ledesma, Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional de Mato Grosso; Eduardo Moura (PPS), Comandante do 10ª Comando Regional de Vila Rica; Coronel da PM Rhaygino Sarfy Setúbal, Presidente da Empaer de Mato Grosso; Layr Mota da Silva, Delegado Regional de Confresa; DrMarcos Aurélio Dias Leão, Comandante Ambiental do estado de Mato Grosso; Major PM Cleverson Leite de Almeida, Comandante da 2ª CIA em São Félix; Aspirante Oficial PM Marcelo de Oliveira Conde, entre outras autoridades locais.

 

 


Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

 

Comentários

Data: 02/08/2015

De: Ildete

Assunto: fogo



É fogo a advogada da prefeitura desmatou uma fazenda praticamente dentro da cidade e sera setina licença ?

Data: 03/08/2015

De: Donato

Assunto: Re:fogo

Licença talvez não tinha, mais tem amizade com as autoridades, e tu ta despeitado porque não tem a amizade que ela tem.

Data: 31/07/2015

De: incendio

Assunto: meio ambiente

só tinha na reunião gente que nao fais queimadas, o governo deve chmar os que queimam as florestas pra ve se consientiza eles de nao queimar mais, a audiencia deve ser pros queimador e nao pros incocentes.

Data: 01/08/2015

De: Audiencia Publica

Assunto: Re:meio ambiente

durante 15 dias foi anunciado na radio, carro de som na rua e enviado convite a tds entidades representativas dos seguentos /ambientais/agronegocio/pequenos produtores/sindicatos e associações e como o sr não esteve na audiencia , não sabe o que esta dizendo.

Novo comentário