31/08/2011 - 08h:40 Mato Grosso corre o risco de voltar a ser o Estado da lei do 44, diz presidente da Ordem dos Advogados do Brasil

O presidente da Ordem dos Advogados do Mato Grosso (OAB/MT), Claudio Stábile, disse durante visita em Rondonópolis, que Mato Grosso corre risco de voltar a ser o estado onde impera a Lei do 44 (arma de calibre 44). “Mato Grosso já teve essa fama no passado e o Estado precisa tomar providências urgentes. Esse tempo passou, mas algo precisa ser feito”.

O advogado Samir Dib pediu que o presidente da OAB cobre das autoridades competentes solução da execução da esposa dele, a empresária Sandra Dib, 37 anos, morta com dois tiros na nuca dentro do próprio carro, em um cruzamento central de Rondonópolis, no dia 30 de junho.

“O problema da insegurança é generalizado. Os crimes de execuções estão ocorrendo em todas as regiões. Esses dias houve crime de um empresário em Várzea Grande. O governo precisa aumentar o contingente, mais concurso público. Essa situação causa preocupação”, disse Stábile.

Com a greve da Polícia Civil, os casos das execuções da empresária Sandra Dib e da empresária Cyntia Lijeron, morta na frente da mãe e da filha após voltarem do shopping, em Rondonópolis, no dia 11 de julho, continuam sem respostas.

Os assassinos são presos apenas quando a Polícia Militar age rápido e consegue prender, utilizando o serviço de inteligência, como na execução de um homem no último sábado (27), em um cruzamento. O rapaz foi morto a tiros dentro do carro dele, um Fiat Uno. O adolescente A. 17 anos, foi detido um dia depois.

Em Rondonópolis, no primeiro semestre, a PM registrou 22 homicídios. Em 2010 foram 48 registros e 41 em 2009. São 10 assassinatos sem esclarecimento no período de janeiro a julho deste ano. Trezes casos ficaram sem solução em 2010 e seis em 2009.

Oitenta e seis pessoas foram vítimas de tentativa de homicídio neste ano, 127 no ano passado e 148 em 2009.

 

De Rondonópolis - Débora Siqueira

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.