12/02/2015 - Para evitar a morte de quatro filhotes mulher resolve amamenta-los

12/02/2015 - Para evitar a morte de quatro filhotes mulher resolve amamenta-los

Para salvar a vida de quatro filhotes de cachorros, uma dona de casa não pensou duas vezes e resolveu amamentá-los: nos próprios seios. A mulher é moradora de Jesuítas, no Oeste do Paraná, e tem uma história de amor com a cachorra, mãe dos cachorrinhos. Tudo começou em 2010. 

 

A mulher que prefere não ser identificada, conta que morava nos Estados Unidos e há quatro anos foi comprar um cachorro da raça maltês para o casal de filhos. No pet shop ela ficou sabendo que a fêmea seria sacrificada por ser deficiente.   “Ela tinha problema nas patas. Eu comprei o macho, dei para os meus filhos, mas não me conformava que a fêmea logo seria morta. Voltei e pedi para que me dessem, mas eles não aceitaram. Então paguei 500 dólares por ela e a levei para casa”.   

 

A fêmea deficiente recebeu o nome de “Belinha” e virou o xodó da família, que em 2013 voltou para o Brasil. Os cachorros vieram juntos, mas logo o macho morreu e ficou apenas a cachorra. A mulher conta que não quis castrar o animal, que sempre fica dentro do pátio. No entanto, para a surpresa de todos, no fim do ano passado, um cachorro entrou no terreno e a cadela pegou cria.   

 

Da gestação nasceram quatro cachorrinhos, mas “Belinha” não tinha condições de amamentar. A mulher tentou dar papinha, leite em potinho, fez de tudo para os filhotes, mas eles não comiam e estavam fracos, foi aí que ela tomou uma atitude.   “Eu amamento minha filha de três anos e tenho leite. Não sabia mais o que fazer e não queria que eles morressem, então pensei em colocá-los no meu peito, mas pensei que eles não iam mamar. 

 

Quando vi eles mamaram e depois me reconheciam pelo cheiro”, conta.   Os bichinhos foram amamentados nas primeiras semanas de vida, porque estavam fracos. Agora com um mês eles já comem papinha.   “De vez em quando eu ainda coloco eles no peito só para ver se eles pegam. E eles pegam”, ri.   A mulher não tinha intenção que a história se tornasse pública, mas a família tirou foto e sem ela saber a mãe publicou no Facebook e os compartilhamentos começaram.   “Eu não sou ligada em redes sociais, mas minha mãe sim. Ela publicou sem eu saber. Não fiz para aparecer. Quando vi estava repercutindo. Meu marido só ficou sabendo hoje”, relata.   A mãe da jovem que amamentou os cachorrinhos também falou com a reportagem da CGN de Cascavel. Na realidade, ela acabou sendo o exemplo da filha, pois há cerca de dez anos amamentou um gatinho.   “Eu também já dei mama no peito para um gatinho”, diverte-se.   Ela aprova a atitude da filha.   “Eu publiquei por conta. Ela nem sabia. Sei que algumas pessoas criticam, mas eu acho que cada um tem direito de pensar o que quer”, fala a mãe.   A jovem que deu o peito para os cachorrinhos diz que não liga para comentários negativos e que faria tudo de novo.   

 

“Eu dava o peito para os cachorrinhos e depois higienizava bem para quando minha filha fosse mamar. A sensação é a mesma. Claro que faria de novo, pois ainda faço de vez em quando. Eu acho que a Belinha merece isso, pois é uma guerreira e já escapou da morte. Era para ter sido sacrificada e não foi. Outro dia, quando estava grávida, uma águia a pegou e a carregou. A ave cravou uma garra na barriga dela e depois a soltou. Ela é uma vencedora”, orgulha-se.   Os quatro filhotes ficarão com a família.   A jovem conta a história com alegria. Mesmo sabendo que está sujeita a críticas, acredita que vale a pena, pois salvou as quatro vidas. 

 

 

CGN

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário