12/08/2014 - Lúdio quer fazer de Rondonópolis cidade pólo em Educação

O candidato a governador pela coligação "Amor a Nossa Gente", médico Lúdio Cabral (PT), quer fazer de Rondonópolis cidade pólo em Educação. Por isso, ele planeja a construção de um campus da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) no município, além da criação da Universidade Federal de Rondonópolis.   

 

O anúncio foi feito por Lúdio durante entrevista à imprensa local de Rondonópolis nessa segunda-feira (11). "A cidade tem todas as condições para sediar um investimento deste porte e queremos fazer daqui um município pólo em Educação", afirma.    Além de construir um campus da Unemat, Lúdio quer implementar em Rondonópolis um Hospital Escola em parceria com o Hospital Regional. O objetivo, conforme ele, é garantir que acadêmicos e população tenham o espaço como centro de formação acadêmica e também de atendimento ampliado e de qualidade com uma unidade que estará interligada ao Hospital Regional da cidade.   

 

O objetivo de Lúdio é fazer com que a população não precise mais viajar longas distâncias em busca de atendimento. Isso também irá desafogar as filas de espera por atendimento no Pronto-Socorro de Cuiabá.   A construção da Universidade Federal de Rondonópolis já foi reivindicada por Lúdio em reunião com o ministro da Educação, Henrique Paim, no último dia 6. O candidato também solicitou a criação do curso de Medicina no campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Barra do Garças.   Lúdio conclui nessa segunda-feira em Rondonópolis a agenda do final de semana, que contou com visitas a Tangará da Serra, Sinop, Sorriso e Barra do Bugres.    

 

Em Tangará, Lúdio teve a oportunidade de visitar a principal feira da região e aproveitou para destacar a agroindustrialização com fortalecimento da agricultura familiar para incentivar o agricultor de pequeno e médio porte. Também conversou com a população de Sinop, Sorriso e Barra do Bugres para debater o futuro de Mato Grosso a partir das propostas da coligação Amor a Nossa Gente, formada por PT, PMDB, PR, Pros e PC do B.

 

 

Redação 24 Horas News 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário