Cacique Karajá está orgulhoso com participação na novela global Araguaia 18/01/2011 , 10:12

Em sua segunda experiência como ator, o cacique Iwraru Karajá, que reside no município Lagoa da Confusão (TO), vizinho de São Félix do Araguaia (MT), está orgulhoso de poder representar seu povo numa novela nacional, a Araguaia, da Rede Globo. Ele já havia feito uma participação na minissérie global JK.

 

Articulado, Iwraru conta que não recebeu muito incentivo para estudar, porém foi motivado a praticar e divulgar sua cultura, a manter a tradição indígena. E como melhor guerreiro da Ilha do Bananal, ganhou respeito de seu povo, virou cacique e hoje é vereador em seu município.

 

“Sempre quando precisam de alguém para fazer apresentação cultural, eles me chamam”, conta o líder Karajá, fazendo questão de dizer que mantém a mesma humildade de sempre, repassada por sua mãe.

 

Foto: Vanessa Lima

Iwraru é vereador e diz manter a mesma humildade ensinada pela mãe

Como sabe falar bem o português, além da sua língua original, foi convidado para a minissérie JK e agora está na novela Araguaia, convidado por Valter Negrão e diretores. Antes da estreia da novela, fez palestra sobre a cultura indígena dos Karajá para a atriz Cléo Pires.

 

“Eu estava dançando numa festa da minha tribo, quando recebi o convite para representar o Araguaia, o meu povo, na novela da Globo. Espero que gostem do meu trabalho”, diz o guerreiro.

 

Sempre com uma expressão de serenidade, Iwraru Karajá agrade a sua esposa por ser hoje uma grande liderança de sua Nação. “Agradeço a Deus, a minha esposa, que sempre ao lado, que não me deixa desanimar com as críticas, com inveja. Quando quero desanimar, ela diz: você é guerreiro e quero que morra como guerreiro, lutando por nosso povo, pela Ilha do Bananal. E agradeço a todos que me apoiam. Abraço, abraço, abraço...”.

(Entrevista de Vanessa Lima, do O Repórter do Araguaia, e texto de Sandra Carvalho)

 

Ida Aguiar 18/01/2011 - 08:56