13/04/2012 Exclusivo: Viúva de Leonardo Villas Boas procura filha desaparecida

13/04/2012  Exclusivo: Viúva de Leonardo Villas Boas procura filha desaparecida

Maria Villas Boas espera há mais de 50 anos por notícias da filha desaparecida

 

No dia 06/04 estreou nos cinemas Xingu, o filme conta a história dos irmãos Villas Boas na época em que criaram o parque Indígena do Xingu e lideraram a expedição Roncador-Xingu. São muitas as histórias que envolvem os irmãos Villas Boas. Uma delas continua sem desfecho até hoje.
 
Maria Villas Boas, 87 anos, moradora de São Félix do Araguaia, no nordeste de Mato Grosso, afirma ter sido companheira de Leonardo Villas Boas por 11 anos. Com ele teve três filhos Marina, Mariza e Álvaro e o acompanhou até sua morte em 1961.

Depois do falecimento de Leonardo, a família Villas Boas entrou em contato com Maria para lhe oferecer ajuda, ela pediu uma casa em São Félix do Araguaia (MT), cidade onde vivera anos antes com Leonardo, quando ele exercia o cargo de delegado da cidade. A família Villas Boas também levou a filha mais velha do casal, Marina, para estudar com a condição de que a menina viesse visitar a mãe todos os anos. Marina nunca mais voltou e a família Villas Boas nunca mais entrou em contato. Maria criou Álvaro e Mariza que morreu quando ainda jovem.

Mesmo que a existência desse casamento seja negada pela história oficial, há indícios de que a família Villa Boas de São Paulo saiba da existência desses Villas Boas de MT. Pois os produtores do filme O Xingu encontraram o filho mais novo de Maria, Álvaro Villas Boas que atualmente mora em Alto Boa Vista, cidade vizinha de S.F.A e com o filho de Leonardo negociaram os direitos autorais da obra.

Hoje, Maria Villas Boas mora com Terezinha de Jesus Soares Bastos, a filha do primeiro casamento, em São Félix do Araguaia, no nordeste de Mato Grosso. Maria anda cabisbaixa, já perdeu o movimento das pernas, e de uns tempos pra cá permanece a maior parte do tempo muda. Suas netas Magali e Cássia, e a filha Terezinha são que ajudam a reconstruir essa história.

E a família acredita que com a repercussão do filme sobre os irmãos Villas Boas talvez seja possível encontrar Marina, que se estiver viva tem hoje 59 anos.  A gente não sabe se Marina ainda é viva, se ela tem esse nome mesmo, minha mãe sofre demais, ela já falou muitas vezes que gostaria de ver a sua filha antes de morrer”, diz Terezinha.
  

   Foto: Rizza Matos

  A filha Terezinha ajuda a contar a história

 

Rizza Matos/O Repórter do Araguaia

 

 

VEJA UM TRECHO DO FILME

Comentários

Data: 30/12/2012

De: bety

Assunto: filha de leonardo

filha ingrata ,deixou de ver a mãe porque foi criada por pessoas de condições isso não se faz .

Data: 29/12/2012

De: Helenice

Assunto: Informação

Gostaria de saber se essa mãe,Maria,já encontrou sua filha,Marina.Lamentável saber que uma filha não procure sua mãe,sabe-se lá o que lhe disseram sobre ela,mas,antes de julga-la,devia lhe dar crédito.Mas,oh,povo que não procura seus direitos,porque se for como conta agora,dona Maria e a filha terezinha,essa criança foi raptada,na época,e por que não foram à justiça?

Data: 28/12/2012

De: Manoel Rodrigues da Silva

Assunto: Viúva do Leonardo Villas Boas!

A viúva do Leonardo, dona Maria, deveria receber pensão do Governo Federal, uma vez que o Leonardo e os irmãos estiveram por lá em missão arquitetada pelo Governo Federal da época. Lanço esse argumento, pois se até os camponeses do Araguaia tiveram anistia e pensão, por que não se concede esse benefício a essa Senhora!

Data: 18/12/2012

De: Pâmela

Assunto: índia

olá, gostaria de saber se esta senhora da reportagem seria a índia que viveu com Leonardo Villas Boas que mostra no filme xingú e que é chamada de Pele de Reclusa pelo wikipedia? http://pt.wikipedia.org/wiki/Leonardo_Villas-B%C3%B4as

obs: vcs viram o comentário de João Montani Netto acima

meu e-mail para reposta: pamelaguizi@ig.com.br

Data: 28/12/2012

De: Soraya

Assunto: Re:índia

Não é não.

Em uma entrevista para o G1, Álvaro filho da senhora Maria e de Leonardo Villas-Boas diz ter outra irmã, que é filha de Leonardo com a tal índia, mas pelo que eu entendi eles não se conhecem.

a entrevista na íntegra: http://g1.globo.com/goias/noticia/2012/12/declaracoes-de-cachoeira-sobre-o-pt-foram-um-desabafo-diz-advogado.html

Data: 28/12/2012

De: SORAYA

Assunto: Re:Re:índia

PUTZ MANDEI O LINK ERRADO! KKKK

A ENTREVISTA É ESSA:

http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2012/04/aos-87-anos-viuva-de-villas-boas-que-mora-em-mt-vive-de-recordacoes.html

Data: 13/11/2012

De: Rosa Maria de Oliveira

Assunto: O filho de Claudio


Já procurei em vários lugares informações do que aconteceu com este filho que Cláudio o irmão do meio também teve com uma índia. Se alguém souber., por favor.

Data: 16/10/2012

De: joão montani netto

Assunto: marina

A Marina em questão, realmente foi educada por uma irmã do Leonardo (Teresinha) em S. Paulo, casou-se com um primo meu e tem um filho de nome Gabriel. Recentemente tornou-se viúva, mas continua morando em S. Paulo. Quem desejar maiores detalhes, entrar em contato. Meu filho que é advogado intermediou as negociações com o pessoal do filme.

Data: 28/12/2012

De: Ana Cláudia Calixto

Assunto: Re:marina

João,
Se realmente você tem contato com a Marina, seria muito interessante e honroso promover o encontro da mãe com a filha. Sou filha de uma mulher que não teve o prazer de conviver com a própria mãe e isso gera uma tristeza muito grande nela e pelo que sei, minha avó morreu também procurando reencontrar a filha e não conseguiu. Me comove saber que uma senhora tão idosa procura por sua filha, sem notícias reais.

Data: 19/09/2013

De: Reinaldo

Assunto: Re:marina

Cabe apenas a Marina decidir se quer ou não visitar sua mãe... Não se pode impor uma atitude aos outros baseado no nosso conceito moral da questão... Afinal, cada pessoa somente pode dar aquilo que possui, a ninguém deve ser exigido mais do que possa dar... Independentemente de qualquer julgamento moral, religioso ou ético do resto do mundo...

1 | 2 >>

Novo comentário