07/06/2013 - Grupo armado é detido atuando como 'segurança' em fazenda de MT; um deles é PM

A equipe da Força Tática da Polícia Militar de Barra do Garças (PM) prendeu na quarta-feira (5) cinco homens armados sendo um deles, o policial militar de Cuiabá, Valbi de Souza Gonçalves, 33 anos, suspeitos de estarem envolvidos num conflito agrário pelo comando da fazenda Boa-Fé, a 40 km de Primavera do Leste.

Além do militar, foram detidos Leandro de Arruda e Silva, 18; Bruno da Silva Fayal, 21; Darci Rogério Ferreira, 58, e João Ananias Santana da Silva, 41. O proprietário da fazenda Alcido Nilson, 51 anos, que solicitou a presença da polícia, chegou a citar o nome de um político que estaria dando cobertura para um senhor chamado Ricardo que tenta tomar posse da área. 

O delegado Joaquim Leitão, que está lavrando o flagrante, está ouvindo nesta quinta-feira (6) a vítima e os suspeitos na delegacia de Barra do Garças para confirmar o motivo que esse grupo estava armado dentro da fazenda e quem o teria enviado. 

A Força Tática quando chegou na entrada principal da fazenda, deparou com policial Valbi, utilizando um cinto de guarnição juntamente com Leandro interpelando a vítima Alcido que estava entre os dois suspeitos onde também havia um revólver calibre 38 jogado no chão.

Os policiais perceberam ainda que, logo mais à direita próximo a alguns veículos, havia o suspeito Bruno armado também com um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 765. Foi feita uma busca nos quartos da fazenda logo após as chaves serem entregues pelo suspeito Darci e foram apreendidas duas espingardas calibres 12 e 32, respectivamente, além de munições.

Outra espingarda calibre 32 foi localizada em um matagal aos 
fundos da residência do caseiro João Ananias.
A revista dos vários apartamentos da fazenda, que é uma espécie de pousada recreativa, acabou por volta das 13 horas. Ao término da operação cinco armadas foram apreendidas e sessenta munições. 

De acordo com os policiais, uma das armas apreendidas trata-se de um espingarda calibre 12 de fabricação francesa. Um dos motivos da luta pelo posse da propriedade seria o número criadouro de dois milhões de tilápias que uma das partes estaria tentando retirar da fazenda. 

Os policiais encontraram também um par de algemas e um par de placas balísticas que foram repassados juntamente com um par de coturnos, um fardamento completo da PM e cinto de guarnição de propriedade do Estado ao Comandante Regional V. O restante do material apreendido, assim como todos os suspeitos detidos foram entregues na delegacia.

 

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário