14/02/2016 - Membro de organização criminosa acusada de pistolagem em Vila Rica é preso no Goiás

14/02/2016 - Membro de organização criminosa acusada de pistolagem em Vila Rica é preso no Goiás

Julierme Paulo Lima foi preso neste sábado, 13 de fevereiro, em Aparecida de Goiânia-GO.

 

A Polícia Civil do Estado de Goiás através do Grupo Antirroubo a Bancos (GAB) em apoio ao Núcleo de Apoio à Investigação Sul (NIA) da Polícia Civil do Estado do Pará, cumpriu neste sábado, 13 de fevereiro, em Aparecida de Goiânia, mandado de prisão preventiva contra Julierme Paulo Lima.

Ele é acusado de suposta prática do crime de extorsão mediante sequestro ocorrido no dia 12 de janeiro deste ano de uma criança de 7 anos de idade na cidade de Redenção no Pará. Contra Julierme havia ainda um mandado de prisão expedido pela Justiça do Estado de Mato Grosso pelos crimes de formação de quadrilha, estelionato, falsidade ideológica e homicídio.

O mandado de prisão em Mato Grosso foi expedido após o Delegado de Vila Rica Gutemberg de Lucena representar pela prisão preventiva de Julierme, suspeito de intensa participação nos crimes praticados por uma organização criminosa oriunda do sul do Pará que atua com “pistolagem”, formada por irmãos e primos conhecidos como "Família do Tezinho" apontados como autores de uma série de homicídios ocorridos em 2015 na região de Vila Rica.

Em abril de 2015 membros dessa organização criminosa foram presos pela Polícia Civil de Vila Rica na operação “Sicários Vila Rica” coordenada pelo Delegado Gutemberg de Lucena.

De acordo com Gutemberg a prisão de Julierme é resultado da interação entre as polícias dos estados do Pará, Goiás e Mato Grosso. “Ele atuou um bom tempo em Vila Rica, dando apoio a Família Tezinho, inclusive usavam sua residência em Vila Rica como uma espécie de base para organizarem as ações criminosas no município” destacou o Delegado.

 

Eldorado.fm
Vila Rica-MT