03/12/2013 - Prefeito de Barra do Garças é Destaque em Reportagem do site do PSD Nacional

O jeito PSD de governar: prefeito de Barra do Garças (MT) tem 77% de aprovação

 

O PSD está fazendo história em Barra do Garças, município de 56 mil habitantes a 550 quilômetros de Cuiabá, capital do Mato Grosso. Pesquisa de opinião realizada pelo Instituto KGM aponta que 77,7% da população aprova a gestão do prefeito Roberto Farias, que se elegeu no ano passado com 47,16% do votos.

 

A receita de Farias para o sucesso de sua administração é simples: ouvir as demandas da população, apoiar programas de geração de emprego e renda e trabalho, muito trabalho.

 

Filho do ex-governador de Mato Grosso Wilmar Peres de Farias, o prefeito diz ter herdado do pai o estilo de fazer política: administra para os mais pobres. Entrou na política em 2008, aos 39 anos, como candidato a vice-prefeito de Zózimo Chaparral. Perdeu a eleição e dois anos depois disputou uma cadeira na Câmara Federal. Não se elegeu, mas foi o candidato a deputado federal mais votado no município.

 

Farias conta que quando assumiu o cargo, percebeu que havia uma distância muito grande entre o executivo e a população. “Passei, então, a receber o povo no gabinete”, conta. Um dia por semana, às terças-feiras, a agenda é reservada exclusivamente para ouvir a comunidade. “Além disso, levamos a Prefeitura aos bairros: uma vez por mês, toda a estrutura administrativa é deslocada para um bairro no mutirão ‘Barra Feliz’, uma ação de cidadania que presta vários serviços à população”.

 

Farias solucionou um grande gargalo das contas públicas logo que assumiu: a inadimplência no pagamento do IPTU, reajustado na administração anterior. “Demos um desconto de 40%. As pessoas voltaram a pagar o imposto e com o dinheiro estamos fazendo as obras que a cidade precisa”, diz. Entre essas obras, duas estão em curso neste momento: uma praça na região central da cidade, que já está em andamento, e a urbanização de uma avenida na periferia de Barra do Garças, que terá o canteiro central transformado em área para lazer e de esportes .

 

Além de aumentar a entrada de receita do IPTU, Farias foi buscar novos recursos com os governos do Estado e federal, para lançar o maior programa habitacional da história do município. Serão construídas duas mil casas populares. “Além de beneficiar famílias carentes, vai aquecer a economia do município, gerando emprego e renda”, destaca.

 

Em seus 11 meses de governo, Farias investiu na saúde, educação e assistência social. Melhorou a infraestrutura de escolas, creches e postos de saúde. Para desafogar o Hospital Municipal, iniciou a construção da UPA 24 horas para atender os bairros da periferia da cidade. Na área social, o projeto Melhor Idade elevou o atendimento de idosos de 120 para mais de 700 pessoas.

E o prefeito diz que tem mais boas notícias para a cidade. Uma delas é que a oferta de empregos vai aumentar nos próximos dois anos. A Câmara Municipal aprovou o projeto que permite a doação de áreas para a instalação de mais de 20 empresas no município, o que, segundo as contas de Farias, vai gerar mais de 5 mil novos empregos diretos.

 

“Há muito trabalho pela frente”, diz ele, pontuando as prioridades do primeiro ano de gestão. “O município estava abandonado: recuperamos estradas vicinais e construímos pontes para tirar do isolamento várias pontos e ainda tivemos que quitar dívidas deixadas pelo administração anterior”.

 

Dois dos projetos prioritários da agenda do prefeito são a valorização do funcionalismo público – “precisamos encontrar meios para iniciar a recuperação salarial sem ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal”, diz – e a exploração do potencial turístico da região, rica em belezas naturais como cachoeiras, grutas, rios, águas quentes, e ainda a Serra Azul e a mística Serra do Roncador, que atrai milhares de pessoas todos os anos.

 

 

Em recente visita, o Ministro da Pesca, Marcelo Crivella, lançou a cadeia produtiva do pescado no município. Farias conta que buscou junto ao presidente nacional do PSD, o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, e aos líderes regionais do partido, deputado estadual José Riva e o vice-governador do Mato Grosso, Chico Daltro, apoio para conseguir recursos para viabilizar todos estes projetos.