01/09/2014 - Queimadas avançam na Barra e médico pede à população para suspenderem atividades físicas ao ar livre/

As queimadas avançam como nunca em Barra do Garças com destruição de 70% do parque da Serra Azul fato que não acontecia há sete anos no município e foi destaque nacionalmente. Mais morros na cidade são vítimas de focos de queimadas na Vila Varjão e na avenida Valdon Varjão.

Preocupado com a situação das queimadas na cidade, o médico Wendell Lacerda esteve sábado (30) na Tv Serra Azul/Band concedendo entrevista onde pediu à população para suspender as atividades físicas como caminhada ao ar livre nesse período em que a fumaça toma conta do município. Segundo o médico durante o esforço físico as pessoas estão mais suscetíveis a aspirarem fumaça principalmente monóxido de carbono.

"Trata-se de uma composição altamente tóxica que pode provocar problemas respiratórios e até mesmo uma doença mais séria no pulmão. Quando a pessoa está caminhando ou fazendo uma prática esportiva ela precisa consumir mais oxigênio e com isso inala mais monóxido de carbono", explicou.

O médico fez essa observação porque entre sexta e domingo a fumação tomou conta dos bairros Santo Antônio, BNH e Dermat criando até mesmo uma bolha de fumaça dificultando as pessoas a respirarem.

Mesmo com esforço dos bombeiros apoiados por brigadistas e soldados do Exército, a situação está incontrolável no município e para complicar surgem focos de queimada nos morros do setor União e Vila Varjão.

"Portanto caminhar com tanta fumação nesse momento provoca mais mal do que bem para as pessoas e por isso pedimos a suspensão de atividades ao ar livre e até mesmo escolas e academias até que esse quadro melhore”, frisou Wendell.

O médico acrescentou que aumentou em torno de 40% o número de atendimentos no Pronto Socorro de Barra do Garças de pessoas afetadas com as queimadas principalmente idosos e crianças.

Na quinta-feira, a Serra Azul do lado do BNH queimou até perto das residências e levou ao desespero os moradores que tiveram que usar vários baldes de água para evitar que o fogo se expandisse para as casas.

O trabalho de combate ao incêndio florestal na serra continua com os bombeiros usando até mesmo um avião. A prefeitura de Barra ajudou o serviço com carro-pipa e recursos para abastecimento do avião dos bombeiros. “Todos os esforços estão sendo feitos mas infelizmente combater essa situação fica complicado. Nós esperamos que a população nos ajude na conscientização para que isso não volte acontecer nos próximos anos”, destacou o secretário de Urbanismo Lúcio.

Acompanhem fotos de internautas assustados com a queimada da Serra Azul, assunto que também repercutiu nacionalmente na Tv Globo, Rádio CBN e Portal Uol.

O comandante dos bombeiros, Cavalcante, que sobrevoou o parque estadual da Serra Azul na sexta-feira disse que o trabalho dos bombeiros é desviar o incêndio para evitar uma destruição maior do parque de 11 mil hectares e com isso evitar que o fogo atinja a região habitada.

O oficial do bombeiro reprovou a atitude de alguns moradores que estão usando o método de combater fogo com fogo, ou seja, colocando queimada no sentido contrário do morro para evitar que o fogo se aproxime das casas. “Isso não ajuda porque o vento pode levar o foco de queimada em outra direção e causar mais prejuízos", completou.

 

Ronaldo Couto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário