12/08/2011 - 08h:00 Sebrae realiza oficina de Compras Governamentais para MEs no Norte Araguaia

O Sebrae agência do Norte Araguaia realizou durante o mês de Agosto uma oficina voltada para as Micros e Pequenas Empresas sobre compras governamentais, a oficina tem como objetivo incentivar aos Pequenos empresários a venderem para as prefeituras, Câmaras e os órgãos do governo em Geral, fazendo com que a economia gire na própria região.  

Cidades como Ribeirão Cascalheira, Querência do Norte, Bom Jesus do Araguaia, Confresa e Porto Alegre do Norte receberão a oficina que foi ministrada pela facilitadora Anndreya Milhomen de Cuiabá.

“É muito importante para o desenvolvimento regional e local, pois são as Micros e Pequenas Empresas vendendo os seus produtos para a administração pública”, disse Anndreya Milhomem.

“Hoje a maior dificuldade das MEs são as documentações, regularidade de documento e regularidade fiscal, falta de informações onde ficam disponibilizados os editais de licitações e concorrência pública”, afirmou Anndreya.

As Micros e Pequenas Empresas participam de pregões presidenciais, pois dificultam a sua participação em pregões eletrônicos, por falta de informação, informatização e até mesmo gestão.

“Por ser um tema novo para a realidade das MEs tenho visto que no Norte Araguaia a aceitação ao nosso trabalho tem sido satisfatório, nas vendas para as administrações as MEs tem encontrada um nova fonte de renda, não a principal, mas algo a mais que vem para agregar na empresa”, finaliza Anndreya.

 

Por Leandro Nascimento do Norte Araguaia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.