06/11/2018 - Instrutor de pinturas é detido tentando entrar com celulares na cadeia de Barra do Garças

06/11/2018 - Instrutor de pinturas é detido tentando entrar com celulares na cadeia de Barra do Garças

Um instrutor de pinturas, que ministrava um curso oferecido aos detentos, foi preso ao ser flagrado na segunda-feira (5/11) tentando adentrar a cadeia com cinco aparelhos, três carregadores, dois pacotes de fumo, um isqueiro e alguns chips de celulares.

O suspeito L.C.L.C., 32 anos, foi detido durante a revista que os agentes penitenciários fazem com as pessoas que entram na cadeia para atividades complementares como cursos e atos religiosos que são realizados para ajudar na recuperação dos apenados. Segundo a direção da cadeia, o detido informou que iria entregar os objetos a um detento conhecido como Marquinhos. O instrutor de pinturas, segundo informações, não tinha antecedentes criminais.

Após a detenção, ele foi encaminhado para prestar informações à Polícia Civil. A direção da cadeia ressaltou que o trabalho de revista é necessário para manter a ordem e a paz dentro da cadeia e evitar que os apenados tenham acesso a objetos ilícitos como, por exemplo, celulares que são utilizados para contatos externos e até mesmo aplicar golpes.

Sobre a questão dos cursos, o comando da cadeia deixou claro que as atividades complementares vão continuar com a mesma frequência mesmo porque fazem parte do projeto de recuperação dos presos.  Lembrando que a cadeia barra-garcense está com problema de superlotação. Construída para 120 presos, a unidade está com mais de duzentos encarcerados.

 

 

 

Araguaia Notícia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário